Celebridades

Prêmio 'F5': Conheça os vencedores de 2017

Para celebrar quem ficou em evidência durante o ano de 2017, o "F5", site de entretenimento da Folha, selecionou os melhores artistas em 19 categorias.

Em uma enquete disponibilizada no site, o público elegeu os vencedores nas categorias de teledramaturgia, música, do jornalismo e protagonistas de "bafos" ao longo do ano

MELHOR NOVELA

A novela "A Força do Querer" (Globo), que foi transmitida de abril a outubro de 2017, foi eleita a melhor do ano, com 18.959 votos. Em segundo lugar, ficou a trama do SBT, "Carinha de Anjo", que computou 13.358 votos.

MELHOR ATRIZ 

“A Força do Querer” foi a queridinha do público em 2017. Tanto que Juliana Paes foi escolhida como a melhor atriz por interpretar Bibi Perigosa, ficando à frente de Paolla  Oliveira, outra protagonista da trama. Ambas foram indicadas por seus papéis na novela de Gloria Perez, computando 19.564 e 12.788 votos, respectivamente.

“Agradeço ao Grupo Folha pelo reconhecimento. Devo o sucesso da personagem a autora, Gloria Perez. Sem riqueza de conteúdo não seria possível contar essa história, que mobilizou o país”, disse Juliana, que afirmou ainda dividir a homenagem com toda a equipe da produção. “A Bibi foi personificada por mim, mas construída por um time.”

MELHOR ATOR 

Já na categoria de melhor ator, o campeão foi Marco Pigossi, intérprete de Zeca em “A Força do Querer”, com 15.099 votos. A segunda posição ficou com Emilio Dantas, que teve 97.68 votos por seu papel na mesma novela.

REVELAÇÃO

Carol Duarte, intérprete da jovem transexual Ivana Garcia em "A Força do Querer", foi escolhida como a revelação do ano, com 12.548 votos. A segunda posição foi para Jonathan Azevedo, que ganhou 11.739 votos após virar sucesso interpretando o traficante Sabiá na trama de Gloria Perez.

MELHOR SÉRIE OU MINISSÉRIE 

Como melhor série ou minissérie, foi eleita “Sob Pressão” (Globo), com 12.744 votos. “É uma honra para todos nós o reconhecimento do público por se tratar de uma obra de dramaturgia que fala de um dos assuntos mais importantes para o país, a saúde pública”, afirmou o diretor Andrucha Waddington. O segundo lugar ficou com "Os Dias Eram Assim" (Globo), que teve 11.264 votos.

MELHOR ATRIZ DE SÉRIE

Marjorie Estiano foi eleita com 13.217 votos como melhor atriz de série ou minissérie por seu papel como a médica Carolina na produção. “Muito feliz de saber que 'Sob Pressão' reverbera. É um trabalho particularmente especial. Ser veículo de algo que tem alcance tão profundo e nítido no espectador está sendo transformador”, agradeceu ela, que superou os 7371 votos para Sophie  Charlotte, em "Os Dias Eram Assim" (Globo).

 

MELHOR ATOR DE SÉRIE

Por seu papel na minissérie "Dois Irmãos" (Globo), Cauã Reymond foi consagrado melhor ator após receber 10371 votos. Ele ficou à frente de Lázaro Ramos, em "Mister Brau" (Globo), que teve 10053 votos. “Muito feliz em saber que essa obra prima, da qual tive o maior orgulho de participar, me rendeu o prêmio. Divido ele com todos os atores e equipe”, disse Cauã.

MELHOR PROGRAMA DO ANO 

Ainda nas categorias referentes à televisão, "Encrenca" (Rede TV!) superou os 18663 votos para “Lady Night” (Multishow), e foi eleito o melhor programa do ano, com 39137 votos. "Queríamos ganhar o prêmio, mas estávamos concorrendo com pessoas muito competentes e não pensamos que havia chances. A equipe ficou feliz demais. Nosso objetivo é reunir a família na sala para nos assistir e agradecemos as pessoas que votaram e nos assistiram. Temos mais de 70 ideias guardadas da gaveta para este ano", afirmaram Tatola e Dennys, apresentadores do "Encrenca".

MELHOR APRESENTADORA DE VARIEDADES 

a musa do “Lady Night”, Tatá Werneck, foi escolhida como a melhor apresentadora de variedades com 20708 votos. Ela ficou à frente de Xuxa, que está no comando de "Dancing Brasil" (Record), e teve 20158 votos.

MELHOR APRESENTADOR DE VARIEDADES

Na ala masculina, o melhor apresentador de variedades foi Rodrigo Faro, que comanda "A Hora do Faro" na Record. Ele teve 23881 votos. O segundo lugar foi para Márcio Garcia, que apresenta "Tamanho Família", da Globo, e teve 7009 votos.

MELHOR APRESENTADORA DE JORNALISMO

Como melhor apresentadora de jornalismo, Maria Julia Coutinho superou a veterana Renata Vasconcellos e levou a melhor. As jornalistas apresentam o "Jornal Nacional", da Rede Globo, e computaram 16516 e 13666 votos, respectivamente.

"Recebi com surpresa e alegria a notícia do prêmio enquanto fazia o balanço do meu ano profissional. Essa premiação representa o reconhecimento do público e me impulsiona a continuar cumprindo o papel de jornalista de bem informar, cobrar o poder público, oferecer informações para que o cidadão faça escolhas mais conscientes, e, principalmente, nesta era de notícias falsas geradas pela internet, contribuir para que público saiba diferenciar fatos de boatos", disse Maju.

MELHOR APRESENTADOR DE JORNALISMO

O queridinho da web Evaristo Costa, ex-apresentador do "Jornal Hoje" (Globo) foi eleito o melhor apresentador de jornalismo por 30004 votos. Ele ficou à frente de Ricardo Boechat, apresentador do "Jornal da Band", que teve 5352 votos.

MELHOR REALITY SHOW 

O reality musical apresentado por Xuxa, "Dancing Brasil" (Record), foi eleito o melhor do ano com 11718 votos. Por poucos votos, o programa superou o reality veterano "MasterChef Brasil" (Band), que teve 11137 votos. “Devo isso ao meu público e a minha equipe. Se devo dizer algo é: obrigada a quem votou, e que me fez sentir especial mais uma vez”, afirmou Xuxa.

MUSO E MUSA

Os musos do ano foram Cauã  Reymond e Paolla Oliveira, que foram eleitos os mais sexy com 11535 e 12751 votos, respectivamente. “Agradeço meu dermatologista e todos os tipos de protetores solar existentes”, brincou Cauã. Já Paolla agradeceu os fãs que votaram. “Eu me sinto honrada com o carinho do público. Eu me sinto mais bonita através de vocês", afirmou. Os atores desbancaram os 11163 votos de Rodrigo Hilbert e 8686 votos para Bruna Marquezine.

MÚSICA

Nas categorias musicais, Simone e Simaria tiveram 13614 votos e desbancaram Anitta, que computou somente 9163 votos, ficando em primeiro lugar na categoria melhor cantora ou dupla do ano. Na categoria dos homens, outra dupla foi vencedora. Henrique e Juliano foram eleitos com 13801 votos. O segundo lugar ficou com Nego do Borel, que teve 7770 votos.

HIT

O hit do ano foi para "Trem-Bala", canção que consagrou Ana Vilela como um fenômeno da internet e teve 13770 votos. A cantora ficou à frente de "Despacito", de Luis Fonsi, que teve 11731 votos.

 

​Criado em 2014, o Prêmio F5 contempla ainda os protagonistas de "bafos" ao longo do ano. Em 2017, o eleito bafão foi ano, com 12226 votos, foi a gravidez de Ivete Sangalo, que terá gêmeas. A segunda posição foi para Túlio Gadêlha, novo namorado da apresentadora Fátima Bernardes, que recebeu 8919 votos.

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem