Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

Prêmio F5
Descrição de chapéu Séries

Prêmio F5: 'Sob Pressão' leva todos os troféus na categoria série dramática

Marjorie Estiano e parceiro de cena Julio Andrade ganham como atores

Carolina (Marjorie Estiano) e Evandro (Julio Andrade) - João Cotta/Globo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Não teve para ninguém, pelo menos no quesito série. Sucesso da Globo, "Sob Pressão" desbancou seus concorrentes e angariou todos os troféus relacionados ao quesito série dramática no Prêmio F5 deste ano. Marjorie Estiano e seu parceiro de cena Julio Andrade foram eleitos os melhores atriz e ator.

Isso já havia acontecido no ano de 2019 quando tanto o projeto quanto seus protagonistas triunfaram com a preferência da votação do público. No ano de 2020, porém, quem ganhou como melhor série foi "As Five" (Globoplay).

Na votação deste ano, "Sob Pressão" conquistou 66% dos 47.800 votos, o triplo de "Sintonia" (Netflix) que ficou na segunda colocação com 22% da preferência do público. Concorreram com elas "Dom" (5%), "Manhãs de Setembro" (5%), ambas da Amazon, e "Onde Está Meu Coração" (2%), do Globoplay.

A atriz Marjorie Estiano, que no drama interpreta a médica Carolina e que foi indicada ao Emmy Internacional pelo papel no seriado, levou o prêmio de lavada com 82% dos 59.011 votos. Para ter uma ideia da disparidade, a segunda colocada foi Alessandra Negrini por sua atuação em "Cidade Invisível", da Netflix, com 7%.

Também estiveram no páreo as atrizes Liniker por "Manhãs de Setembro" (5%), Leticia Colin por "Onde Está Meu Coração" (4%) e Debora Bloch por "Segunda Chamada", do Globoplay (3%).

Julio Andrade, que vive o médico Evandro na série ambientada em um hospital público do Rio de Janeiro, foi o mais votado como melhor ator com 62% dos 54.269 votos. A vice-colocação ficou para Christian Malheiros pelo papel em "Sintonia" com 19% dos votos populares.

A medalha de bronze nessa disputa ficou para o ator Marco Pigossi pela série "Cidade Invisível" (10%), o quarto lugar foi de Fábio Assunção por "Onde Está Meu Coração" (5%). A quinta colocação ficou com Gabriel Leone por seu trabalho em "Dom" (5%).

Os candidatos de cada categoria foram definidos pela Academia F5, formada pela equipe de reportagem, colunistas do F5 e convidados de outras editorias. Já a votação do público ficou aberta até o dia 6 de dezembro.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem