Prêmio F5

Prêmio F5: Ex-amigos, Whindersson e Carlinhos Maia se consolidam como reis das redes sociais

Whindersson venceu por seu canal no YouTube e Maia, como influenciador

Os influenciadores Carlinhos Maia e Whindersson Nunes - Montagem
São Paulo

A briga entre os humoristas (e agora ex-amigos)  Whindersson Nunes e Carlinhos Maia parece ter trazido ao menos um benefício para os dois, ainda mais fama.  Whindersson venceu o Prêmio F5 de melhor canal do YouTube, enquanto Carlinhos levou o troféu de melhor influenciador.

Em maio de 2019, o clima nas redes sociais esquentou quando os dois trocaram farpas e acusações. A briga foi tão feia que Carlinhos, até então era chamado pelos seus seguidores de rei do Instagram, desativou a sua conta da rede social. O principal sinal de que as relações dos dois estavam estremecidas surgiu publicamente quando Whindersson Nunes não foi ao badalado casamento de Carlinhos e Lucas Guimarães, no Sergipe. O humorista e sua mulher, a cantora Luísa Sonza, seriam padrinhos da união. 

Carlinhos chegou a pedir desculpas pelas redes sociais, mas não adiantou. Tanto é que ele ficou de fora da terceira temporada do seriado "Os Roni", que estreia em 2020 no Multishow apenas com os outros dois protagonistas, Whindersson e Tirullipa. Carlinhos deve fazer um novo programa para o canal pago, chamado Uma Vila de Novela, que já está sendo gravado na Vila Primavera, em Alagoas. 

No Prêmio F5, Carlinhos Maia levou 60% dos votos e foi eleito o melhor influenciador de 2019. Para isso, desbancou a fictícia Vivi Guedes, que alavancou sua intérprete, Paolla Oliveira (14%), Felipe Neto (13% dos votos), Thaynara OG (7%) e Flavia Pavanelli (6%).

Já Whindersson Nunes manteve seu reinado no YouTube com o canal que leva seu nome e acumula 37,7 milhões de inscritos. Foram 43% dos votos. Os demais candidatos ao posto eram os canais  Hottel Mazzafera, de Matheus Mazzafera (19%); Gioh, de Giovanna Ewbank (16%); Me Poupe, de Nathália Arcuri (14%); e Na Lata, de Antonia Fontenelle (8%).

GAMES

Entre os fãs de games, o favorito do ano foi o Garena Free Fire, com 42% dos votos. O jogo do gênero Battle Royale, parte do catálogo do serviço de streaming Nimo TV, foi criado em 2017 e, apenas nos primeiros quatro meses de 2019, registrou uma renda total de US$ 90 milhões (R$ 348 milhões), de acordo com dados divulgados pela Sensor Tower. 

Ele derrotou o rival Fortnite (13% dos votos), além de alguns clássicos entre os fãs —Mortal Kombat 11 (18%); Rainbow Six Siege: Operation Phantom Sight (4%) e Fifa 20 (23%).

Os três prêmios foram entregues pela primeira vez neste ano. Os candidatos de cada categoria do Prêmio F5 foram definidos pela Academia F5, formada pela equipe de reportagem e colunistas do F5 e convidados da editoria de Ilustrada.

Já a votação foi aberta, até o último dia 15, aos internautas, que puderam clicar quantas vezes quisessem em seus favoritos em cada uma das 30 categorias, que incluem ainda melhor novela, hit do ano e melhor casal. Os vencedores estão sendo divulgados diariamente no site do F5. 

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem