Zapping - Cristina Padiglione

Record estuda como apresentar programa inédito com Gugu

Canta Comigo vai ao ar na próxima quarta-feira (27)

Apresentador Antonio Augusto Moraes Liberato (GUGU ) no programa Canta Comigo .Credito / TV RECORD

A Record estuda de que forma apresentará o Canta Comigo desta quarta-feira (27), um dos programas inéditos gravados por Gugu Liberato. Mesmo com a morte do apresentador amplamente noticiada, a ideia é que alguém fale algo a respeito do material pouco antes de ir ao ar.

​​Gugu Liberato, 60, teve a morte anunciada nesta sexta-feira (22). Ele morreu em um hospital em Orlando, no estado americano da Flórida, onde estava internado desde quarta (20). O apresentador, que morava em um condomínio nos arredores da cidade, caiu de uma altura de quatro metros, quando fazia um reparo no ar-condicionado instalado no sótão.

Gugu foi encaminhado a um hospital Orlando Health Medical Center. Devido à gravidade de seu estado, não foi indicado qualquer procedimento cirúrgico. Durante o período de observação, foi constatada a ausência de atividade cerebral, segundo a nota de falecimento, que não especifica a data exata da morte.

"Nosso Gugu sempre viveu de maneira simples e alegre, cercado por seus familiares e extremamente dedicado aos filhos. E assim foi até o final da vida, ocorrida após um acidente caseiro", escreveu a família, em nota. Ainda não há detalhes sobre o traslado do corpo para o Brasil. 

No sábado (23), o presidente Jair Bolsonaro (PSL) lamentou, em mensagem publicada no Twitter, a morte de Gugu Liberato. "O país perde um dos maiores nomes da comunicação televisiva, que por décadas levou informação e alegria aos lares brasileiros", disse a mensagem. 

Por meio de suas redes sociais, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou que perdeu um "querido amigo". "Muito triste com a morte do Gugu Liberato. O Brasil perde um grande talento, a TV brasileira um de seus principais comunicadores, e eu perco um querido amigo. Meus profundos sentimentos a todos os familiares e amigos do Gugu", escreveu. 

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, também lamentou a morte do apresentador. "Triste a notícia da morte tão precoce do apresentador Gugu Liberato, um profissional que desenvolveu com grande talento a comunicação na televisão e era muito admirado pelas famílias brasileiras. Meus sentimentos aos familiares, colegas de profissão e fãs."

Alguns artistas, como Ana Hickmann e Ana Maria Braga, também se despediram do apresentador. O colega de profissão César Filho afirmou que Gugu tinha planos de se distanciar cada vez mais da televisão para passar mais tempo com os três filhos, João Augusto, de 18 anos, e as gêmeas Marina e Sofia, de 15.

O SBT homenageou o apresentador com uma vinheta especial de 12 segundos, para agradecer pelos quase 30 anos de serviços prestados por ele. Ex-assistente de Gugu, Flor implora ao dono da emissora, Silvio Santos, cancelar as gravações programadas para este sábado (23). Segundo ela, todos no SBT estão em choque com a morte repentina. 

A Record informou que Gugu Liberato deixou as duas últimas edições do reality Canta Comigo já gravadas. A emissora ainda não divulgou se os programas que, inicialmente seriam exibidos nos dias 27 de novembro e 4 de dezembro, vão ao ar.

Leia a coluna completa aqui. 

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 48, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem