Celebridades

Príncipe Harry e Meghan Markle não querem presentes de casamento

Casal pediu que dinheiro fosse doado para instituições de caridade escolhidas por eles

Príncipe Harry e Meghan Markle se casam no dia 19 de maio
Príncipe Harry e Meghan Markle se casam no dia 19 de maio - Joe Giddens/Reuters

São Paulo

Príncipe Harry, 33, e Meghan Markle, 36, dispensaram seus convidados de comprarem presentes para o seu casamento, marcado para o dia 19 de maio.

O casal pediu, nesta segunda (9), que o dinheiro seja doado para sete instituições de caridade que apoiam causas como empoderamento feminino, meio ambiente e forças armadas. O comunicado feito pelo Palácio de Kensington dizia ainda que Meghan e Harry são gratos pelo carinho que receberam desde o anúncio do noivado.

Os noivos oficializaram a relação em 27 de novembro e já escolheram o local da cerimônia, que acontecerá na Capela de Saint George, no Castelo de Windsor, na Inglaterra. 

O anel de noivado de Meghan, feito pela joalheria britânica Cleave and Company, foi desenhado pelo próprio príncipe, que escolheu dois diamantes da coleção pessoal da princesa Diana, além de uma pedra de Botswana, na África, onde o casal passou férias em 2016.

Já as alianças que serão trocadas no "grade dia" seguirão uma tradição real iniciada há quase cem anos: serão feitas de ouro galês. Bisavó de Harry, a rainha-mãe Elizabeth foi a primeira a usar ouro do País de Gales em sua aliança quando se casou com o futuro rei George 6º em 1923.

PREPARATIVOS

A cerimônia será realizada por Justin Welby, arcebispo de Canterbury, e o evento começará ao meio-dia. Desta forma, é improvável que o casamento coincida com a final da Copa da Inglaterra, que começará às 17h30.

Como de costume, a cerimônia será paga pela família real e deve ser um casamento "intimista" para os padrões da família britânica.

Welby também batizou a atriz americana antes de seu casamento. A cerimônia foi realizada na Capela Real de Londres no dia 6 de março, na presença do príncipe Charles. Markle escolheu ser batizada pela Igreja Anglicana por respeito a Elizabeth 2ª, que é a governadora suprema da religião, como são todos os monarcas ingleses desde Henrique 7, que decidiu romper com o Vaticano.

Os convites de casamento também já foram divulgados. Detalhe: a impressão foi feita com uma mistura de dourado com tinta preta americana para homenagear a origem da noiva. O bolo da festa não será de bananas, e sim de limão. O casal escolheu a confeiteira Claire Ptak para preparar o doce que irá incorporar "sabores da primavera".

A americana também teria escolhido a marca britânico-australiana Ralph & Russo para desenhar o vestido do grande dia. A mídia internacional mencionou a marca como uma das concorrentes após Meghan escolher um vestido feito pela dupla para suas fotos de noivado com Harry.

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem