Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui para continuar.

Zapping - Cristina Padiglione
Descrição de chapéu internet

'Pantanal': Globo fatura alto com chegada da internet à fazenda de Zé Leôncio

Merchandising de telefonia coloca os peões da ficção finalmente na era digital

Jove (Jesuita Barbosa) se desfará das camisetas pop que usava para vestir camisas de botão, calças jeans e botina
Jove (Jesuita Barbosa) e o pai, José Leôncio (Marcos Palmeira) no remake de 'Pantanal' - João Miguel Jr./Globo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

O fim da resistência de José Leôncio (Marcos Palmeira) em aderir à internet está com as horas contadas na novela "Pantanal". Como o autor Bruno Luperi adiantou à coluna, Jove (Jesuíta Barbosa) vai convencer o pai a instalar antenas na fazenda para captação de internet e telefonia, sem mais ter de depender daquela comunicação analógica de rádio por meio de Campo Grande.

A novidade trará não somente um frescor aos conflitos da trama, mas trambém respeitáveis cifras para o faturamento da Globo, que vendeu para a Vivo a oportunidade de aparecer em cena com uma série de ações de merchandisings.O investimento total da marca só nesse enredo ultrapassa R$ 8 milhões, segundo apurou a coluna --o custo de tabela comercial foi de R$ 10 milhões, mas normalmente aplica-se algum desconto, nesse caso, com teto de 12% .

As ações foram criadas em conjunto com o departamento comercial da Globo e pretendem explorar o ecossistema de serviços digitais da Vivo e sua presença no setor de agronegócio. Até a tecnologia 5G, com a qual ainda estamos nos familiarizando, será abordada.

"A parceria com a Globo é importante para evidenciar, através da ficção da novela, o impacto positivo da digitalização nas pessoas e empresas", diz Marina Daineze, diretora de Marca e Comunicação da Vivo, para quem "o movimento de digitalização fortalece a democratização e o acesso da população a serviços de qualidade em regiões remotas."

Em 1990, o Jove de Marcos Winter conseguia convencer o pai a ter ao menos uma antena para ver TV na fazenda. Agora, no entanto, a ausência de sinal de internet na fazenda, assunto que já foi mencionado em algumas cenas como algo que poderia vir a ajudar nos negócios de José Leôncio, torna a propriedade muito apartada do mundo, de modo geral.

O AGRO É TECH

As primeiras ações apostam no segmento empresarial, com soluções dedicadas ao agronegócio, apresentando serviço completos para otimizar a produção de pequenos e grandes negócios rurais. Ao longo da novela, outros serviços digitais da marca também serão apresentados.

O projeto de conteúdo foi desenvolvido em cocriação entre a Vivo, a Globo e a agência VMLY&R, com previsão de permear a trama até o final.

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem