Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

Zapping - Cristina Padiglione

Gabriel Sater regrava tema de Juma e Jove para 'Pantanal'

Filho de Almir Sater será acompanhado pelo maestro João Carlos Martins

Gabriel Sater
Gabriel Sater como Trindade no remake de 'Pantanal' - Victor Pollak/Globo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Filho de Almir Sater, o músico e ator Gabriel Sater não só viverá o peão Trindade, papel que foi de seu pai na versão da novela em 1990, como também terá seu espaço na trilha sonora do remake da Globo.

Coube a ele regravar "Amor de Índio", tema de Juma e Jove, papéis que agora cabem a Alanis Guillen e a Jesuíta Barbosa.

A nova versão da música vem com outro crédito de luxo: Gabriel ganhou na regravação o acompanhamento do maestro João Carlos Martins no piano.

"É a realização de um sonho", diz Gabriel. "Em momento algum eu pensei que isso seria possível, pois sabia da extrema concorrência de um mundo de pessoas interessadas em colocar a música nesta trilha sonora."

Ele tem razão. A seleção de canções para esta produção tem sido disputadíssima. "Fazer parte do elenco e de um núcleo musical já é algo importantíssimo para mim, achei que só teria condições de tocar em cena", afirma ele. Trindade, afinal, é um peão violeiro e embala várias cenas ao lado de outros músicos.

"Estou imensamente agradecido pela confiança. E ainda mais gravando com minha referência e mestre, o maestro João Carlos Martins. É a primeira gravação oficial que fazemos juntos. Foi uma união de forças divinas que tornou isso possível nesse momento tão especial da minha vida, vivendo o personagem Trindade e tendo uma música na trilha de uma novela tão importante como essa", celebra.

Esta será a segunda novela da obra de Benedito Ruy Barbosa da qual Gabriel participa. Ele esteve em "Meu Pedacinho de Chão", outro remake do autor, em 2014. E fez sucesso pela performance em cena, mas também pela beleza, a exemplo do que o pai conquistou há 32 anos, quando foi transformado em galã pela extinta Rede Manchete, sendo escalado para protagonizar a substituta de "Pantanal" na época, como Zé Trovão.

Agora, Almir Sater retorna aos holofotes sendo tratado como espécie de embaixador do remake, que estreia nesta segunda-feira (28). A fazenda do músico serviu de sede para abrigar a equipe e o elenco nas gravações do remake, que o terá novamente em cena, agora como o chalaneiro, e na trilha sonora: ele acompanha Maria Bethânia na regravação da música-tema da novela, "Pantanal", de Marcus Viana.

"Pantanal" vem sendo adaptada por Bruno Luperi, neto de Benedito Ruy Barbosa, com direção-artística de Rogério Gomes, que destaca a vontade de homenagear o autor veterano e também Jayme Monjardim, responsável pela direção da produção original.

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem