Você viu?

Carol Duarte, Fernanda Gentil e Bruna Linzmeyer ironizam decisão de tratar homossexualidade como doença

Diversos famosos se manifestaram nas redes sociais contra a liminar que permite tratar homossexualidade como doença, concedida pela Justiça Federal do Distrito Federal, na última sexta (15).

As atrizes Carol Duarte, 25, e Bruna Linzmeyer, 24, e a jornalista Fernanda Gentil, 30, preferiram tratar o assunto com ironia. As três são abertamente homossexuais. 

No Instagram, Carol publicou uma foto de seu rosto coberto de argila e disse se tratar de um dos tratamentos para a cura gay. "Se você é gay, tente também e compartilhe com a gente a sua cura! Sua pele vai ficar ótima, bicha!", escreveu ela. 

Fernanda Gentil postou na mesma rede social uma foto com termômetro na boca e algumas pílulas. "Tentando me curar dessa doença, mas tá difícil", escreveu, e pediu dicas de "cura" para Paulo Gustavo, ator também homossexual. 

Bruna Linzmeyer interagiu com as duas amigas: "Acordei meio lésbica, será que dá pra ir trabalhar?", disse, também no Instagram. 

Fernanda e Bruna sofreram ataques homofóbicos nas redes sociais quando revelaram sua homossexualidade. 

Carol vive atualmente o transexual Ivan na novela "A Força do Querer" (Globo). O personagem, em fase de readequação de gênero, tem feito sucesso. 

Na comentada decisão judicial, o juiz federal Waldemar Cláudio de Carvalho concedeu abertura para que psicólogos possam tratar homossexuais como doentes e fazer terapias de "reversão sexual", sem que sofram censura ou sanções do CFP (Conselho Federal de Psicologia).

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem