Televisão

Tiago Leifert deixará a Globo após The Voice: 'Esperava o momento ideal'

Apresentador decidiu não renovar contrato com emissora após 15 anos

Tiago Leifert brinca após Carlinhos de Jesus chamá-lo de Faustão
Tiago Leifert - Reprodução
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Erramos: esse conteúdo foi alterado
São Paulo

Tiago Leifert, 41, deixará a Globo após o término do The Voice Brasil, anunciou a emissora nesta quinta-feira (9). Segundo comunicado, a decisão de se desligar do canal após 15 anos foi do apresentador. “A ideia de parar surgiu no meio do ano passado e venho conversando com calma com a Globo desde então, esperando o momento ideal", afirmou o jornalista.

"A sensação é a de sair da casa dos pais para encarar o mundo. Eu cresci aqui, como pessoa e como profissional. Consegui muito mais do que imaginava, e estou no momento perfeito, pessoal e profissionalmente, para encerrar esse capítulo que durou duas décadas. Tudo deu certo, foi lindo demais. Saio maduro, sem pressa, feliz e pronto para o mundo que está à minha frente", completou ele.

Leifert começou na Rede Vanguarda, afiliada da Globo no interior de São Paulo, em 2004, e passou pelo SporTV antes de chegar ao Globo Esporte, onde foi repórter e depois editor-chefe. Em 2012, no entanto, deixou o jornalismo e passou a se dedicar a programas de entretenimento da emissora, como The Voice, The Voice Kids, É de Casa, Zero 1 e Big Brother Brasil.

Mais recentemente, Leifert teve a oportunidade de substituir Fausto Silva à frente do Domingão do Faustão. Inicialmente, uma participação especial devido a um problema de saúde do titular, ele acabou ficando para encerrar o Super Dança dos Famosos com a dispensa definitiva de Faustão e antes de Luciano Huck assumir o horário, com o Domingão com Huck.

"O apresentador amadureceu a vontade, que já havia manifestado no ano passado, de parar e preferiu não renovar seu contrato com a empresa, mas deixa as portas abertas para futuras parcerias", afirmou a Globo em comunicado. Leifert terá, no entanto, como última missão: apresentar a décima temporada de The Voice Brasil, prevista para acabar em 23 de dezembro.

Leifert falou sobre sua saída nas redes sociais dizendo que chega um momento na vida em que todo jovem precisa encarar o mundo. Segundo ele, isso já aconteceu em sua vida pessoal e agora acontece também na profissional. “Tenho 41 anos, casado e sou pai. Já na vida profissional... esse momento chegou. Em dezembro vou me despedir da casa que eu amo.”

Ele afirmou que a ideia de mudar de vida não é nova e já tinha começado a discutir com a Globo essa possibilidade. “Como não havia pressa nenhuma, combinamos de nos falar de novo perto do fim do meu contrato. Recentemente, após uma nova conversa e com a ideia totalmente madura, comuniquei à Globo minha decisão", afirmou ele, que ainda não disse quais são seus futuros projetos.

O apresentador falou que a decisão foi "extremamente difícil", já que seu pai foi contratado pela Globo em 1988, quando ele tinha oito anos. Assim, Leifert afirma que cresceu dentro da emissora, onde também conheceu a esposa, a jornalista Daiana Garbin. “É muito mais do que um emprego: a Globo é um pedaço enorme da história da minha família. Não é exagero dizer que é uma relação de amor.”

Leifert se casou com Garbin no ano de 2012 e juntos eles têm uma filha, Lua, de apenas 10 meses.

Essa é, na verdade, apenas mais uma das várias mudanças envolvendo apresentadores da TV aberta nos últimos meses. Fausto Silva, que deixou a Globo, deve estrear na Band em 2022, com um programa previsto para ir ao ar de segunda a sexta. Já Huck assumiu os domingos da Globo em seu lugar, enquanto Marcos Mion estreou o Caldeirão com Mion aos sábados.

Mion, no entanto, não deve ficar por muito tempo no horário, já que existe a expectativa para que outro assuma a atração no próximo ano. Já no lugar de Mion na Record, Adriane Galisteu foi escalada para assumir o comando de A Fazenda (Record), que estreia sua 13ª temporada na próxima terça-feira (14). A Globo afirmou que os novos apresentadores do BBB e do The Voice Brasil ainda serão definidos.

ERRAMOS: O conteúdo desta página foi alterado para refletir o abaixo

O pai do apresentador Tiago Leifert foi contratado pela Globo em 1988, não em 1998. O texto foi corrigido.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem