Televisão

Sabrina Sato aos domingos, trio de protagonistas e novo canal; veja destaques da TV em 2020

Especialistas apontam o que deve fazer mais sucesso na TV neste ano

Evaristo Costa é um dos novos nomes da CNN Brasil
Evaristo Costa é um dos novos nomes da CNN Brasil - Divulgação
São Paulo

O ano de 2020 terá muitas novidades na televisão e, com elas, muitas expectativas. Entre os destaques está a estreia de Sabrina Sato aos domingos, o lançamento do novo canal CNN Brasil, em março, Glenda Kozlowski no comando de um reality no SBT, e a volta de Selton Mello às novelas após 20 anos.

CONFIRA ALGUMAS NOVIDADES: 

SABRINA NO DOMINGO SHOW 

De acordo com especialistas, Sabrina deve dar uma nova cara aos domingos da Record com a apresentação do Domingo Show. Ela deve começar a aparecer na tela em janeiro. “Todo programa televisivo carrega consigo a ‘persona’ do apresentador.

Por isso, a chegada de Sabrina Sato vai trazer vida nova ao programa. Geraldo Luís [antigo comandante] ainda carrega o rótulo de popularesco e sensacionalista. Sato é divertida, simpática, elegante e conseguirá fazer um programa alto astral”, opina o especialista em TV Dirceu Lemos.

Para o especialista Claudino Mayer, uma certa ingenuidade de Sabrina faz dela uma boa interlocutora do telespectador. “Suas habilidades fazem com que ela represente a mulher brasileira e outras de várias culturas. Sabrina, aos domingos, passa a ser uma forte concorrente e uma opção diferenciada.”

CNN 

O novo canal CNN Brasil deve iniciar os trabalhos no país no mês de março. Com ele há a chegada de nomes bastante conhecidos dos telespectadores, como Evaristo Costa, William Waack, Monalisa Perrone e o casal Mari Palma e Phelipe Siani. Mayer acredita que “ter bons jornalistas é importante, mas não dá garantia de boa audiência”. Ele opina que a marca CNN “não precisa de altos nomes para poder atingir o público”.

Já Lemos acredita que a chegada da CNN no mercado televisivo será em grande estilo. “O canal traz consigo a valiosa marca CNN, de renome e credibilidade mundial, além de jornalistas conhecidos pelo público. Algumas das questões mais importantes a se pensar são: Como será a distribuição do canal? Será apenas na TV paga? A CNN estará em todas as operadoras? Será que o elenco de estrelas será o suficiente para alcançar a liderança no segmento?”, indaga.

NOVELA “NOS TEMPOS DO IMPERADOR”

A trama das 18h chegará em meados de março e será uma continuação da novela “Novo Mundo”, de 2017. O elenco é de peso. Estão confirmados nomes como Vivianne Pasmanter, Alexandre Nero, Mariana Ximenes e Emílio Dantas.

“Desde 2017, a Globo não consegue um sucesso como ‘Novo Mundo’, que teve 23,8 pontos de média. ‘Nos Tempos do Imperador’ deve marcar positivamente o horário das seis. Vale ressaltar que a Globo está inovando no gênero ao apostar em continuações, como ‘Verdades Secretas 2’”, aponta Lemos.

“Será importante do ponto de vista de mostrar outro olhar sobre o contexto histórico da Família Real no Brasil. Esses tipos de temática despertam interesse do público”, opina Mayer.

SELTON MELLO DE VOLTA

Selton Mello será Dom Pedro 2º na trama “Nos Tempos do Imperador”. Será o retorno dele após duas décadas dedicadas a séries e filmes. “O público do horário das seis tem na figura de Mello um carinho especial por conhecê-lo desde criança. Esse público é formado, em parte, pelas vovós e donas de casas. Por isso, pode ser que valha a pena ver como aquela criança (Selton) cresceu e se desenvolveu”, analisa Mayer.

O especialista Dirceu Lemos opina que nesse tempo fora Mello conseguiu qualificar o seu nome e que esse retorno agregará à trama de Alessandro Marson e Thereza Falcão.

OLIMPÍADA

O Grupo Globo vai abrir sete canais para os jogos do meio do ano que vem e promete uma grande cobertura. Ainda não havia sinais de que canais de TV aberta façam a transmissão ao vivo. “Jogos Olímpicos são sinônimo de investimento publicitário, números expressivos de audiência e mudanças na grade das exibidoras. Porém, com a crise econômica, é provável que as emissoras reduzam o número de profissionais enviados para o Japão”, imagina Lemos.

NOVELA "GÊNESIS"

Para os especialistas, é importante que a Record volte a apostar nesse filão religioso que tanto dá certo. Houve uma ruptura desse conceito com a estreia da novela “Amor sem Igual” e anteriormente com “Topíssima”. “Espero que seja um sucesso. Na Record havia um padrão de qualidade ao produzir nesse estilo, como ‘Os Dez mandamentos’ [2015] e ‘Rei Davi’ [2012]”, define Mayer. A estreia da novela "Gênesis" será em abril.

Para Lemos, novelas bíblicas, além de serem de fácil comercialização no exterior, atendem aos anseios da Igreja Universal do Reino de Deus ao abordar o livro de Gênesis da Bíblia. “Provavelmente, estará no mesmo padrão técnico e de audiência das produção anteriores.”

GLENDA KOZLOWSKI NO SBT

Glenda deixou a Globo após mais de 20 anos e assinou com a emissora de Silvio Santos. A partir do ano que vem, comandará um reality de futebol batizado de Uma Vida, Um Sonho. Serão 22 jovens, com idades entre 18 e 20 anos, que sonham jogar bola. O público será o responsável por definir os vencedores em cada edição, até chegar ao campeão, que terá a oportunidade em um grande clube da Europa.

“Por ser o país em que o povo tem forte apelo pelo esporte, pode ser um dos destaques do ano ao mostrar uma novidade no quesito realities”, explica Mayer.

TRIO DE PROTAGONISTAS NA GLOBO

A novela “Salve-se quem Puder” trará a partir do fim de janeiro, às 19h, três atrizes protagonistas: Deborah Secco, Vitória Strada e Juliana Paiva. As três terão suas vidas entrelaçadas e reviradas ao serem testemunhas de um crime. A história é de Daniel Ortiz.

“Sem dúvida, cada atriz, de acordo com seu estilo de interpretar, pode envolver o público com suas ações. As três são bem conhecidas e isso contribui para a boa repercussão e interesse”, aponta Claudino Mayer.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem