Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui para continuar.

Zapping - Cristina Padiglione

Bonner desmente saída da Globo: 'Não sei quem inventa esses boatos'

À coluna, âncora e editor diz que não tem planos de deixar o Jornal Nacional

William Bonner, jornalista e apresentador
O jornalista William Bonner no cenário do JN - @realwbonner no Instagram
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Há 36 anos na Globo, 26 deles na bancada do Jornal Nacional, do qual é também editor-chefe, William Bonner, 58, tem sido alvo de várias publicações online que especulam sua saída do JN no ano que vem, com variadas versões. Há quem aposte que o jornalista deixaria a bancada do noticiário, mas não o posto de editor-chefe, e há quem especule até o seu desligamento da Globo.

Em nota enviada exclusivamente à coluna, Bonner desmente qualquer planejamento para se desligar da empresa, enquanto a própria Globo também refuta a ideia de abrir mão do mais famoso apresentador de telejornal do país.

"Não sei quem inventa esses boatos de que eu pretenderia sair da Globo, mas a intenção é óbvia: ganhar dinheiro ao levar pessoas a clicar no link enganoso", reage Bonner. "Meu nome e os de outros colegas da Globo têm sido usados sistematicamente com esse propósito por sites que vivem desse expediente baixo", continua.

"Meus planos profissionais estão todos concentrados no Jornal Nacional e em projetos do jornalismo da Globo para os quais fui e ainda vier a ser escalado. Estou completando nesses dias de junho exatos 36 anos na Globo e me sinto com energia e disposição para seguir por muito tempo no desempenho de um trabalho que considero de enorme relevância para o nosso país."

HOMENAGEM

Na última semana, Renata Vasconcellos teve a companhia de Heraldo Pereira na bancada do JN. Bonner estava na Filadélfia, nos Estados Unidos, onde foi homenageado e premiado pela Voice Foundation como reconhecimento pela contribuição à comunicação no Brasil ao longo de décadas.

Em reportagem exibida pelo JN no sábado (4), Bonner agradeceu à homenagem e dividiu o mérito "com todas as vozes que tentam calar, de jornalistas no Brasil e no mundo."

Por meio de seu perfil no Instagram, o âncora agradeceu ao "Dr. Sataloff e The Voice Foundation", "à fono Deborah Feijó, que levou quase a família toda pra essa homenagem na Filadélfia", "aos colegas da Globo Nova York, que foram prestigiar o evento", "aos colegas da Globo e do JN no Brasil", que o "surpreenderam com a edição de um vídeo arrasadoramente emocionante."

"Obrigado a todos que puseram esses sorrisos nos nossos rostos e corações. E aos que estão ao nosso lado nessa batalha para que as vozes dos jornalistas profissionais não sejam abafadas", concluiu.

Ainda na Filadélfia, Bonner e sua mulher, a fisioterapeuta Natasha Dantas, foram visitar o Museu da Filadélfia, onde está a famosa estátua de Rocky Balboa, personagem icônico de Silvester Stallone no cinema. Ela então o desafiou a subir correndo todos os degraus da grande escadaria, como fez Rocky no filme, e a comemorar com pulinhos. Ele não só topou, como publicou o feito em sua rede, com a trilha sonora de Balboa.

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem