Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui para continuar.

Zapping - Cristina Padiglione

Após BBB, Paulo Vieira ganha série no Fantástico

Produzida para o canal GNT 'Avisa Lá que eu Vou' terá versão reduzida na TV aberta

Paulo Vieira em cena na série de viagens
Paulo Vieira estreia quadro no Fantástico: Avisa Lá que eu Vou trata do Brasil profundo e quase ignorado - Juliana Coutinho/Divulgação
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Um dos melhores elementos do BBB deste ano, Paulo Vieira segue semanalmente na tela da TV aberta pela Globo. Quanto mais o humorista faz piadas na TV e no Twitter sobre os bastidores da emissora, mais espaço vai ganhando na tela e atrás dela, inclusive com projetos autorais, ou seja, sugeridos ou moldados por ele.

Esse era o caso de "Big Terapia", o quadro que estreou nesta 22ª temporada do reality show, e de "Avisa Lá que Eu Vou", série feita para o canal GNT que estreia no dia 3, terça-feira, mas terá uma prévia em versão reduzida no Fantástico, a partir deste domingo (1º).

O novo programa o leva a dez cidades do interior do Brasil para ouvir histórias de gente que o país não conhece, mas deveria conhecer. O programa também estará disponível no Globoplay + Canais.

No quadro de estreia e logo na abertura, ele entrevista uma personagem recorrente em seus scripts: sua mãe, Conceição, em Natividade, no Tocantins. "Eu queria muito começar esse programa no lugar de onde eu vim. Mas como eu não vim de Natividade, eu trouxe o lugar de onde eu vim pra cá. Por isso, a primeira pessoa com quem eu vou conversar é minha mãe. ‘Bença’, a senhora tá boa?", começa o humorista, que nasceu em Goiás, mas se mudou com a família para o Tocantins ainda criança.

"Lembrei de quando você era pequeno e gostava de se sentar na porta, com um ano e meio", revela dona Conceição. "O povo passava e eu começava a entrevistar o povo. Esse programa vai ser isso", resume ele.

No primeiro de 10 episódios do quadro no ‘Fantástico’, Paulo apresenta histórias de pessoas como Phrancyell, que grava a data de nascimento de diferentes personalidades, da namorada, Ilana Sales, de dona Romana, conhecida vidente da cidade, e do trio formado por Genésio Tocantins, Braguilha Barroso e Dorivã, que interpreta o hit "Nós é jeca, mas é joia".

"É uma mistura de programa de entrevistas com programa de viagem, só que a gente não viaja para lugares. A gente conhece a história e as vivências das pessoas. O ‘Avisa Lá Que Eu Vou’ tem muito afeto, com olhar muito amoroso para o povo brasileiro. Fala de onde eu vim, das coisas que eu acredito, o tipo de Brasil que eu penso e quero ver na TV", comenta Paulo.

E não espere encontrar em todas as suas narrativas um tom de piada. Em determinados momentos, como na visita a uma mãe de santo, prevalece o respeito à personagem e seu cenário, e não qualquer tentativa de ser engraçado.

Embora o programa comece com um CEP autobiográfico, os demais episódios não são localizados a partir da vida do humorista, e sim das peculiaridades regionais de cada canto visitado no que chamamos de Brasi profundo, pouco conhecido na tela da TV.

O Fantástico vai ao ar às 20h30 e trará semanalmente um resumo do episódio que o GNT levará ao ar na terça-feira seguinte.

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem