Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

Zapping - Cristina Padiglione

Patrícia Abravanel garante que Silvio Santos voltará ao ar

Herdeira corrigiu Carlos Alberto de Nóbrega no banco de 'A Praça É Nossa'

Carlos Alberto de Nóbrega e Patrícia Abravanel
Carlos Alberto de Nóbrega e Patrícia Abravanel na 'Praça é Nossa' - Lourival Ribeiro/Divulgação SBT
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Quem disse que Silvio Santos está decidido a não voltar aos estúdios para cenas inéditas no ar? Carlos Alberto de Nóbrega arriscou um palpite em recente entrevista, replicando uma conversa que circula pelos corredores do SBT: desde que o patrão foi infectado pela Covid, nunca mais se falou em seu retorno ao foco das câmeras.

Mas Patrícia Abravanel, a filha número 4, que vem substituindo o pai no comando do Roda Roda e do Programa Silvio Santos, garante que o pai quer muito voltar aos estúdios. A cena vai ao ar nesta quinta-feira (30), quando ela aparece ao lado de Carlos Alberto de Nóbrega no banco de "A Praça É Nossa".

O humorista fala sobre Silvio Santos com a filha do apresentador e faz uma homenagem ao patrão, celebrando a fantástica carreira da própria Patricia.

"Há 34 anos e 9 meses atrás seu pai entrou no meu primeiro programa do SBT, sentou-se ao meu lado e eu levei um susto, porque seu pai nunca entrou no programa de ninguém até hoje. E ele fez a maior declaração de amor e carinho que um amigo pode fazer para o outro e eu estava devendo isso a ele, porque hoje sou eu que vai falar para você", disse Nóbrega a ela.

Sobre a pandemia, o apresentador diz: "Quando seu pai parou, quando nós todos paramos, eu te confesso uma coisa: eu deixei de assistir às nossas reprises. Eu tive uma depressão e deixei de ver o programa. Quando começou a voltar, eu gosto muito de esporte, e no domingo eu vejo sempre programas de esportes."

"Eu não preciso puxar seu saco", segue Nóbrega, "porque eu tenho 85 anos e o que eu tinha para ganhar eu já ganhei. Por sua causa eu não saio de casa aos domingos e não vejo outra coisa, eu assisto seu programa inteiro, porque eu vejo quanto você lutou, quanto você chorou, quanto você apanhou para chegar aonde você chegou. Você no começo era ‘inexperiente’, depois passou a ser uma esperança, aí você ganhou um prêmio de revelação e hoje você é uma realidade".

O apresentador continua: "Quando eu soube que o Silvio não ia poder gravar por ordens médicas, eu falei: ‘meu deus do céu, quem é que vai entrar? Aí quem aparece? Você! Com aquela garra de mulher, com aquele amor que você tem pela sua casa. Você está simpática, você está alegre. Eu não quero comparar com ninguém, mas você é uma estrela. Você comanda, você apresenta o programa mais importante e antigo da TV brasileira, porque seu pai foi o maior comunicador de todos os tempos…"

É então que Patrícia o interrompe e corrige o tempo verbal: ""Ainda é, gente. Ele vai voltar!"

Nóbrega rebate: "Ele vai voltar! Se você deixar, porque você está boa demais".

"Não, ele vai voltar! Quero que ele volte, só estou cobrindo ele nesse período", esclareceu a apresentadora.

"Eu nunca imaginei que eu viria aqui e receber essas palavras, esse amor, esse carinho seu, sério. Mas Carlos Alberto, eu quero agradecer por suas palavras, de verdade. Eu sei que as portas já estavam abertas para mim, muito mais fácil que qualquer outra pessoa por ser filha, mas também por ser filha, aquela cobrança e as pessoas não acreditando e eu também nem liguei e fui fazendo meu caminho. Agora, estar no Programa Silvio Santos, eu acho que até é mais fácil, porque substituir o insubstituível é impossível. Então eu fui lá e falei: ‘eu vou ser eu’. E assim, com leveza. Ele só tem ele, então, quando eu chegar aqui, eu tenho que fazer, então vamos fazer. Eu fui e encarei".

"Eu vou te falar que no começo… No primeiro dia, eu chorava de soluçar porque eu não queria, eu queria ver o Silvio Santos no domingo. Não quero ver a Patrícia, eu quero ver o Silvio Santos. Então eu sofri, eu quero meu pai aqui, não fazer o programa dele, eu quero ele. E o público inteiro estava com isso: ‘não quero ver a Patricia, eu quero ver o Silvio’. Mas na hora que viu um pedacinho dele, por ser a filha dele, eu vi que o público me acolheu. E na hora que eu vi o sorriso do meu pai, o orgulho dele e o alívio."

Patrícia comenta a reação do pai: "Ele fala: ‘ah, que bom que você está lá, que bom que deu certo’. Aí eu falei: ‘então tá bom, pai. Eu vou ficar lá, mas quando você quiser irm o programa é seu, pai’. Tem vezes que ele liga e fala: ‘eu vou, mas a Patricia vai estar aí? Então se eu não for, ela vai estar aí, né? ’", finaliza.

A edição do dia reserva ainda uma conversa de Carlos Alberto com cada ator do programa e os melhores momentos de seus respectivos personagens em "A Praça É Nossa", que vai ao ar nesta quinta-feira (30), às 23h15, após o Programa do Ratinho.

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem