Zapping - Cristina Padiglione

Com direito a patrocínio, Globo tapa buraco do Carnaval com seleção de melhores desfiles

Seleção de 28 apresentações tomará as madrugadas do fim de semana, com Milton Cunha e Ailton Graça

Milton Cunha no Carnaval
Milton Cunha no Carnaval - Globo/João Miguel Júnior
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Na temporada em que abriu mão de Taça Libertadores e de Fórmula 1, evento que transmitia havia 41 anos, sem falar na fila de contratos encerrados com grandes estrelas de seu time, a Globo fez questão de manter ao menos uma grande tradição em suas transmissões. A falta do Carnaval neste 2021 será sanada, ao menos na TV, com a reprise de uma seleção de desfiles históricos das escolas do Rio e de São Paulo, cabendo 14 apresentações para cada cidade.

O compacto com os desfiles mais marcantes do Carnaval brasileiro vai ao ar no sábado (13), após o Altas Horas, e no domingo (14) depois do BBB21, com apresentação de Ailton Graça e Milton Cunha. O evento ainda renderá boas cifras aos cofres da emissora, contando com patrocínio.

E na falta de apuração de notas, o público poderá eleger seu desfile preferido por meio de votação no GShow.

CENA ICÔNICA

Vai ao ar neste sábado (13), pelo Viva, a icônica cena em que Fernanda (Vanessa Gerbelli) é atingida por bala perdida em “Mulheres Apaixonadas”. Téo (Tony Ramos) é o primeiro atingido ao tentar proteger a amiga de um tiroteio. Ela é baleada no peito e no ombro.

Fernanda ficará uma semana entre a vida e a morte. Antes de partir, no entanto, ela contará a Helena (Christiane Torloni) que seu filho adotado, Lucas (Victor Cugula), é seu filho biológico com Téo, marido de Helena.

Isso é muito Manoel Carlos. A novela vai ao ar às 23h.

Vanessa Gerbeli em Mulheres Apaixonadas
Vanessa Gerbelli em Mulheres Apaixonadas, cena icônica de tiroteio no Leblon - Renato Rocha Miranda/Divulgação

TEATRO

Ainda sobre a cena da foto acima, convém lembrar que a gravação do tiroteio que resultará na morte de Fernanda mobilizou uma das principais ruas do Leblon, no Rio, em 2000, quando foi realizada.

Tony Ramos costuma se emocionar toda vez que lembra que a sequência foi praticamente uma apresentação teatral a céu aberto. Quando o diretor pediu silêncio para gravar, o público que lá se aglomerou para ver o trabalho dos atores cumpriu à risca. E assim que ele anunciou “valeu”, encerrando o expediente, vieram aplausos de toda a plateia, incluindo pessoas debruçadas nas janelas dos prédios da vizinhança.

BOLA CANTADA

A Band manteve suspense até esta quarta-feira (10) para anunciar a contratação de Mariana Becker, ex-repórter de Fórmula 1 da Globo, que passará a fazer o mesmo trabalho na Band. A primeira corrida pela casa nova acontecerá em março, contando com comentários de Reginaldo Leme.

AUDIÊNCIA

14,3 pontos
teve a série “Todas as Mulheres do Mundo” na Globo na terça (9)

13,3 pontos
marcou “Gênesis”, na Record, perdendo parte do fôlego inicial

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem