Celebridades

Coronavírus: Confira alguns famosos no Brasil e no mundo que contraíram a doença

Doença já provocou cancelamento de jogos e campeonatos

Tom Hanks e a mulher, Rita Wilson
Tom Hanks e a mulher, Rita Wilson - Valerie Macon/ AFP
São Paulo

Com a expansão do coronavírus, já foram registrados vários casos confirmados entre famosos, atletas e até políticos. Tom Hanks, 63, e a mulher, Rita Wilson, 63, foram alguns dos primeiros a ter resultado positivo, mas também estão na lista desde a atriz Fernanda Paes Leme, 36, até o tenor espanhol Placido Domingo, 79.

Tom Hanks e Rita Wilson afirmaram ter contraído a doença na Austrália, onde o ator participava das gravações de um filme sobre a vida de Elvis Presley. Hanks afirmou, em suas redes sociais, alguns dias após a confirmação, que o casal está bem, mas isolado e sendo monitorado.

No Brasil, Di Ferrero afirmou também em suas redes sociais que foi diagnosticado com a doença e, alguns dias depois, confirmou complicações pulmonares: "Muito importante se resguardar agora", disse. Já a influenciadora Gabriela Pugliesi, 33, se isolou em casa, após ter contraído a doença, provavelmente no casamento da irmã.

Outros famosos que estiveram no casamento de Marcela Minelli também confirmaramter contraído a doença, como a cantora Preta Gil, que foi uma das atração da festa, e a influenciadora Shantal Verdelho e seu filho, Filippo, de apenas um ano. Os três passam bem.

O teste para o Covid-19 também deu positivo para a atriz Fernanda Paes Leme. Ela confirmou o resultado em suas redes sociais e afirmou que já estava em isolamento em sua casa por conta dos sintomas. Ela disse que se sente forte e disposta, e pediu responsabilidade e consciência às pessoas.

Também tiveram resultado positivo após terem os sintomas a ativista Luísa Mell, 41, e o marido, e o cantor Dinho Ouro Preto, 55. Já a apresentadora Ana Hickmann, 39, relatou ter febre alta, calafrios e dores no corpo, mas disse que não fará o exame ainda, já que não apresenta insuficiência respiratória.

Foram confirmados ainda com a doença o ator britânico Idris Elba, 47, que teve contato com a primeira-dama canadense, Sophie Trudeau, 44, que também foi diagnosticada; o ator norueguês Kristofer Hivju, 41, conhecido por atuar na série "Game of Thrones"; e a atriz Itziar Ituño, que vive a personagem Raquel Murillo na série "La Casa de Papel".

Também estão nessa lista o tenor espanhol Placido Domingo, 79, que contraiu a doença e está isolado em sua casa com a família; o ator sul-coreano Daniel Dae Kim, 51, conhecido das séries como “Lost” e “Havaí 5.0”; e o produtor de Hollywood Harvey Weinstein, 68, que cumpre pena atualmente por agressão sexual e estupro.

Outro caso é o da irmã do ator Matthew Broderick, 57. Janet Broderick, 64, foi internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) de um hospital de Beverly Hills, na Califórnia, ao ser diagnosticada com o novo coronavírus. Ela, que é reverenda em uma igreja episcopal, teria contraído a doença em um evento religioso. ​

Já a atriz britânica Sophia Myles, 40, que fez “Tranformers - A Era da Extinção” (2014) e “Anjos da Noite” (2003), confirmou a morte de seu pai, Peter, 67, em decorrência do novo coronavírus. “Descanse em paz, Peter Myles. Meu pai morreu há apenas algumas horas. Foi o coronavírus que o levou”, postou ela em sua conta no Twitter.

Também morreu em decorrência da doença o chef e campeão da terceira temporada do Top Chef Masters americano Floyd Cardoz, 59. Ele tinha feito uma viagem à Índia, onde estava gravando a série “Ugly Delicious”, da Netflix, e começou a ter os sintomas após retornar aos Estados Unidos no dia 8 de março.

Alguns famosos também declararam estar com medo e foram fotografados usando máscaras para se proteger em locais públicos, como a modelo Naomi Campbell, 49, a socialite Kim Kardashian, 39, e a cantora Selena Gomez, 27. A cantora Cardi B, 27, por exemplo, disse que está estocando comida em sua casa.

No mundo jornalístico, o apresentador Marcelo Magno, 37, da TV Clube, afiliada da Globo no Piauí, teve diagnóstico positivo e chegou a ficar internado na UTI de um hospital particular de Teresina. Ele foi um dos jornalistas que participou do rodízio de apresentadores no Jornal Nacional no ano passado, pelos 50 anos do programa.

Outra jornalista que teve resultado positivo é Mariana Ferrão, 41, ex-apresentadora do Bem Estar (Globo), que deixou vizinhos em pânico ao sair para passear em meio à quarentena. E ainda Mari Palma, 31, que foi colocada em isolamento com o namorado, Phelipe Siani, 35, desfalcando o Live CNN.

Entre os atletas profissionais também já foram confirmados alguns casos, como o pivô Rudy Gobert, 27, que joga do Utah Jazz, e Kevin Durant, do Brooklyn Nets. O Nets, por sinal, confirmou mais três casos no time, mas não informou os nomes. A NBA já suspendeu a temporada.

No futebol, foi o zagueiro Daniele Rugani, 25, que joga na Juventus, da Itália, o primeiro a ter a doença confirmada. Os principais campeonatos nacionais e internacionais já foram suspensos ou adiados.

Outro caso no esporte, foi o empresário Evangelos Marinakis, dono e presidente do Olympiacos e dono majoritário do Nottingham Forest. Ao todo, já foram suspensas várias partidas de futebol e a McLaren já afirmou que não disputará o GP da Austrália, que abrirá a temporada 2020 da Fórmula 1.

Já na política, o secretário de comunicação do governo Jair Bolsonaro, Fábio Wajngarten também foi diagnosticado com Covid-19, após viagem da comitiva brasileira para os Estados Unidos. Depois dele, vários outros membros da comitiva foram confirmados com a doença. O teste presidente, no entanto, deu negativo.

Ainda entre os políticos, mas dessa vez internacionais, podemos citar ainda a ministra da Igualdade da Espanha, Irene Montero, 32, que foi diagnosticada positiva para a doença nesta quinta (12) e a esposa do primeiro ministro do Canadá, Sophie Grégoire, Trudeau, que testou positivo para o coronavírus.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem