Celebridades

Mari Palma e Phelipe Siani fazem isolamento domiciliar após ela contrair novo coronavírus

Casal fará participações especiais na CNN de sua casa em SP

Phelipe Siani posa no Rio com Mari Palma, sua namorada
Phelipe Siani e Mari Palma - Instagram/@phelipe.siani
São Paulo

Os jornalistas Mari Palma, 31, e Phelipe Siani, 35, foram afastados da apresentação do programa Live CNN, após Mari sentir sintomas do novo coronavírus. Com isso,os dois, que são namorados, ficarão em quarentena na casa que dividem em São Paulo.

A CNN divulgou um comunicado na manhã desta segunda-feira (30) afirmando que Mari sentiu sintomas de gripe na noite da última sexta (27) e, após consulta com os médicos, concluiu-se diagnóstico de infecção pelo novo coronavírus. Siani, no entanto, não teve sintomas.

Durante isolamento domiciliar, os dois jornalistas farão participações especiais na programação da CNN, mas de casa. Na manhã desta segunda, Siani já apareceu ao vivo falando que Mari teve perda de olfato e paladar como sintomas da doença. Eles eles estão sendo substituídos por Diego Sarza e por Elisa Weeck no programa.

Segundo a CNN, cerca de 40% de seus profissionais estão trabalhando em sistema home office por conta do novo coronavírus. Entre os profissionais que estão em casa está o jornalista William Waack, 67, que também tem feito participações diárias no Jornal da CNN direto de um estúdio montado em sua casa.

Vários famosos também já contraíram o novo coronavírus. Entre eles, estão o ator britânico Idris Elba, 47; o ator norueguês Kristofer Hivju, 41, conhecido por atuar na série “Game of Thrones”; e a atriz Itziar Ituño, que vive a personagem Raquel Murillo na série “La Casa de Papel”.

No Brasil, também foram diagnosticados com a doença a atriz Fernanda Paes Leme, 38, a ativista Luísa Mell, 41, e o cantor Dinho Ouro Preto, 55. Já a apresentadora Ana Hickmann, 39, relatou ter febre alta, calafrios e dores no corpo, mas disse que não fará o exame ainda, já que não apresenta insuficiência respiratória.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem