Cinema e Séries

'Game of Thrones': 11 milhões de pessoas devem faltar no trabalho após fim da série, aponta pesquisa

Menor produtividade levaria a prejuízo de US$ 3,3 bilhões

Emilia Clarke no quinto episódio da última temporada de "Game of Thrones"
Emilia Clarke no quinto episódio da última temporada de "Game of Thrones" - Reprodução

São Paulo

Segundo uma pesquisa desenvolvida pela The Workforce Institute, da multinacional Kronos Incorporated, cerca de 11 milhões de cidadãos devem faltar no trabalho na segunda-feira (20) por conta da grande final de "Game of Thrones".

O episódio final da série, que finaliza a oitava temporada e todo o ciclo narrativo, vai ao ar pela HBO na noite deste domingo (19).

A pesquisa questionou norte-americanos com mais de 18 anos sobre o que pretendiam fazer após o episódio final, descobrindo que boa parte deles pretende se ausentar de seus trabalhos ou outros compromissos no dia posterior ao final da saga. 

Aproximadamente 27,2 milhões de funcionários que planejam assistir ao final de "Game of Thrones" ao vivo admitem que chegarão atrasados ao trabalho, trabalharão remotamente, serão menos produtivos do que o habitual ou faltarão no expediente por conta da série.

A empresa que fez a pesquisa ainda calculou a consequência disso, chegando ao resultado de perda de US$ 3,3 bilhões (cerca de R$ 13,4 bilhões) para a economia norte-americana, por conta da menor produtividade.

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem