Celebridades

Angelina Jolie deve deixar fortuna de quase R$ 460 milhões apenas para o filho mais velho

Segundo imprensa americana, decisão desagradou o ex Brad Pitt

Angelina Jolie e seu filho Maddox
Angelina Jolie e seu filho Maddox - Mark Blinch/Reuters
São Paulo

​​

O processo de separação de Angelina Jolie, 43, e Brad Pitt, 55, já terminou, mas o casal ainda tem questões a acertar. Segundo a imprensa americana, o ator estaria enfurecido com a decisão de Jolie de deixar toda a sua fortuna somente para o filho mais velho, Maddox, 17.

A atriz teria cortado de seu testamento os outros cinco filhos, deixando a Maddox uma fortuna de US$ 116 milhões (cerca de R$ 460 milhões). Ela também já entrou na Justiça para reaver o seu nome de solteira, informou o site americano Radar Online. 

"Brad está furioso e pretende impedi-la. Finalmente, parecia que eles estavam chegando a algum tipo de acordo com o divórcio, mas ele foi pego de surpresa com essa notícia sobre Madoxx", disse uma fonte ouvida pelo site. 

Em 2016, Brad Pitt foi acusado de agredir Maddox física e verbalmente, durante um voo com toda a família da França para Los Angeles. Em decorrência disso, Pitt chegou a ser submetido a um teste toxicológico.  ​

Após mais de dois anos desde que Angelina Jolie deu entrada nos papéis de divórcio, os astros finalmente estão oficialmente solteiros. Um juiz determinou que eles podem voltar a ser legalmente solteiros antes de finalizar o acordo de divórcio.

"Ambos estão focados no que é melhor para as crianças", disse uma fonte ao site americano People depois da decisão judicial. Os atores tiveram seis filhos juntos, e Jolie pediu a custódia das crianças após o divórcio.

Jolie e Pitt se conheceram durante as gravações do filme "Sr. e Sra.Smith" (2005) e, em 2014, se casaram em uma pequena cerimônia em um castelo no sul da França. Dois anos depois, no entanto, em setembro de 2016, Jolie pediu o divórcio alegando diferenças entre os dois.

Desde então, Jolie e Pitt estão em negociações sobre a custódia dos filhos e a divisão de suas finanças. Em novembro de 2018, eles chegaram a um acordo temporário de custódia das crianças.

Pitt se prepara atualmente para o lançamento do filme, "Era Uma Vez em Hollywood", previsto para julho. Já Jolie está na continuação de "Malévola", além de permanecer com seu trabalho de defesa internacional.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem