Celebridades

Em novo papel, Meghan Markle terá que dominar protocolo real britânico

Regras não escritas governam a maneira como os membros da realeza devem se comportar

A atriz norte-americana  Meghan Markle
A atriz norte-americana Meghan Markle - Hannah Mckay-8.mar.2018/AFP

Sarah Mills
São Paulo e Thornbury

Da reverência diante da rainha Elizabeth à referência à monarca como Vossa Majestade, a atriz norte-americana Meghan Markle terá que decorar novos papéis quando se casar com o príncipe Harry e se somar oficialmente à monarquia britânica.

Regras não escritas governam a maneira como os membros da realeza devem se comportar e a postura pública ao seu redor. Embora muitos protocolos antigos tenham sido descartados, ainda existem algumas etiquetas que Meghan terá que seguir depois que se casar com o neto da rainha, em 19 de maio.

“O problema é que ela tem que lembrar que, como membro da família real, ela representa a família ou, como já foi dito, ‘a marca’”, disse Grant Harrold, que foi mordomo do próprio Harry quando trabalhou para seu pai, o príncipe Charles, e hoje oferece orientações especializadas sobre o assunto.

“Então acho que existe bastante pressão para fazer com que ela acerte, porque a última coisa que ela quer fazer é errar algo ou cometer um erro e isso acabar se tornando manchete — e depois isso se tornar constrangedor para ela e para a família real”, disse Harrold.

Para alguém que cresceu em Los Angeles, a vida atrás dos muros do palácio –onde mordomos, criados e serviçais reais, muitas vezes trajando uniformes tradicionais elegantes com coletes escarlates, realizam discretamente suas funções– dificilmente poderia ser mais diferente.

Um protocolo rígido dita que ela deve andar de costas quando diante da rainha, mas Harrold disse que isso não acontecerá em público. E, à medida que a monarquia evolui e se moderniza, estas convenções se tornam menos importante do que já foram, algo que os próprios membros da realeza reconhecem.

“Não existe código de comportamento obrigatório quando alguém se encontra com a rainha ou um membro da família real, mas muitas pessoas querem observar as formas tradicionais”, informa o site da família real antes de explicar como se curvar, fazer mesuras e se dirigir aos Windsor.

Aqueles que rompem com as regras não escritas às vezes são recebidos com grande frieza.

DETALHES DO CASAMENTO

A cerimônia, marcada para o dia 19 de maio, será realizada por Justin Welby, arcebispo de Canterbury, e o evento começará ao meio-dia e acontecerá na Capela de Saint George, no Castelo de Windsor, na Inglaterra. A escolha foi em homenagem ao avô de Harry, Phillip, com quem o príncipe passou a infância.

Como de costume, a cerimônia será paga pela família real e deve ser um casamento "intimista" para os padrões da família britânica, já que Windsor tem capacidade para 800 pessoas.

O anel de noivado de Meghan, feito pela joalheria britânica Cleave and Company, foi desenhado pelo próprio príncipe, que escolheu dois diamantes da coleção pessoal da princesa Diana, além de uma pedra de Botswana, na África, onde o casal passou férias em 2016.

O casal escolheu a confeiteira Claire Ptak para preparar um bolo de limão que irá incorporar "sabores da primavera". Além disso, os convites da cerimônia foram impressos em dourado e preto, e contam com a insígnia real do príncipe de Gales, Charles, pai do noivo.

A dupla anunciou a escolha do fotógrafo da cerimônia. O casal escolheu Alexi Lubomirski, responsável pelas fotos de noivado da dupla. Alexi afirmou, em comunicado, estar feliz em poder presenciar o próximo capítulo de uma "história de amor maravilhosa".

Harry e Meghan também dispensaram seus convidados de comprarem presentes de casamento. Eles solicitaram que o dinheiro seja doado para sete instituições de caridade.

Mais de 2.600 pessoas foram convidadas ao parque do Castelo de Windsor para ver a chegada e a saída de Harry e Meghan. A intenção dos noivos é que “os membros do público também se sintam parte da celebração”. A lista de convidados ainda não foi divulgada, mas sabe-se que a estilista e ex-Spice Girls, Victoria Beckham, confirmou que recebeu um convite.

Alguns familiares de Meghan estão reclamando por não terem sido convidados. A mãe da atriz, Doria, que já apareceu em público com o casal, deverá estar presente na cerimônia. O irmão de Harry, William, será o padrinho de casamento.

Além disso, Harry e Meghan escolheram a carruagem que irá levá-los até o Castelo Windsor após seu casamento. O casal irá andar na Ascot Landau, construída em 1883. Caso chova no dia, Meghan e Harry irão andar na Scottish State Coach, construída em 1830 e restaurada em 1969.

Reuters
Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem