Você viu?

Suposta desistência do pai da noiva provoca confusão em casamento real britânico

Além de levar a filha ao altar, ele deveria se encontrar com a rainha

Thomas Markle foi fotografado supostamente se preparando para o casamento da filha com príncipe Harry
Thomas Markle foi fotografado supostamente se preparando para o casamento da filha com príncipe Harry - Reprodução/Instagram/keepingup

São Paulo e Londres

O cuidadosamente planejado casamento do príncipe Harry, 33, com a atriz norte-americana Meghan Markle, 36, neste final de semana sofreu um possível revés nesta terça-feira (15) depois que o pai da noiva disse a um site de celebridades que não comparecerá mais ao evento.

Harry, neto da rainha Elizabeth 2ª e sexto na linha sucessória ao trono, e Meghan, se unirão no sábado (19) na Capela de São Jorge do Castelo de Windsor. Thomas Markle, 73, deveria conduzir a filha ao altar diante de 600 convidados, incluindo a nata da realeza britânica e uma grande quantidade de celebridades.

Mas, nesta segunda (14), o site TMZ noticiou que ele decidiu não ir à cerimônia majestosa no castelo, lar dos monarcas ingleses e britânicos há quase mil anos. Ele disse ao TMZ que não quer constranger a filha ou a família real depois que surgiram reportagens segundo as quais ele aceitou ser fotografado por um paparazzo em troca de pagamento. Ele também disse ter sofrido um ataque cardíaco uma semana atrás.

"Esse é um momento profundamente pessoal para a senhorita Markle nos dias que antecedem seu casamento", disse o Palácio de Kensington, o escritório de Harry, em um comunicado. "Ela e o príncipe Harry pedem mais uma vez que a compreensão e o respeito se estendam ao senhor Markle nesta situação difícil".

Um porta-voz do príncipe não quis comentar diretamente a reportagem do TMZ nem dizer se o pai de Meghan estará na cerimônia. Samantha Markle, meia-irmã da atriz, disse ao programa de televisão Good Morning Britain que espera que ele compareça, mas que isso depende de sua saúde.

Os pais da noiva são divorciados, e embora Harry tenha sido visto com a mãe da noiva, Doria Ragland, 61, surgiram especulações sobre como Thomas Markle, um ex-diretor de iluminação de novelas e séries, participaria do evento. Além de levar a filha ao altar, ele deveria se encontrar com a rainha, seu marido e os outros membros da família Windsor nesta semana.

Milhares de jornalistas de todo mundo estarão em Windsor para cobrir o evento, e Thomas Markle disse ao TMZ que a atenção midiática cobrou seu preço. Ele afirmou que lhe ofereceram US$ 100 mil (cerca de R$ 360 mil) por entrevistas e que foi perseguido por paparazzi, cujas fotos o mostraram bebendo cerveja e parecendo desarrumado.

O CASAMENTO

A cerimônia será realizada por Justin Welby, arcebispo de Canterbury, e o evento começará ao meio-dia (horário de Brasíla). Desta forma, é improvável que o casamento coincida com a final da Copa da Inglaterra, que começará às 17h30.

O pai de Meghan vai levá-la ao altar. A mãe e o pai de Meghan vão ao Reino Unido e conhecerão a família de Harry pela primeira vez antes do casamento; eles também terão "papéis importantes" na cerimônia, segundo Jason Knauf, secretário de comunicação de Harry.

Como de costume, a cerimônia será paga pela família real e deve ser um casamento "intimista" para os padrões da família britânica. Ao contrário do que foi especulado pela mídia britânica, o ex-presidente dos EUA Barack Obama, o presidente americano Donald Trump e a primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, não estão entre os convidados para o casamento. 

Welby também batizou a atriz americana antes de seu casamento. A cerimônia foi realizada na Capela Real de Londres no dia 6 de março, na presença do príncipe Charles. Markle escolheu ser batizada pela Igreja Anglicana por respeito a Elizabeth 2ª, que é a governadora suprema da religião, como são todos os monarcas ingleses desde Henrique 7, que decidiu romper com o Vaticano.

Os convites de casamento também já foram divulgados. Detalhe: a impressão foi feita com uma mistura de dourado com tinta preta americana para homenagear a origem da noiva. O bolo da festa não será de bananas, e sim de limão. O casal escolheu a confeiteira Claire Ptak para preparar o doce que irá incorporar "sabores da primavera".

A americana também teria escolhido a marca britânico-australiana Ralph & Russo para desenhar o vestido do grande dia. A mídia internacional mencionou a marca como uma das concorrentes após Meghan escolher um vestido feito pela dupla para suas fotos de noivado com Harry.

Reuters
Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem