Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

Zapping - Cristina Padiglione

Johnny Massaro se inspirou em Eduardo Bolsonaro para novo papel

Personagem chega à novela 'Além da Ilusão' para atormentar mocinha de Larissa Manoela

Johnny Massaro como Nelsinho
Johnny Massaro como Nelsinho - João Cotta/Globo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Campinas

Prestes a estrear em "Além da Ilusão" como Nelsinho, Johnny Massaro fala sobre o processo de criação de seu primeiro trabalho após os 30 anos. A chegada do personagem à trama, ao lado de seu parceiro, Tavito (Rafael Gualandi), irá marcar uma fase de mudanças na vida de Isadora (Larissa Manoela), que passará a se comportar com rebeldia.

"O Nelsinho personifica o machismo, a falta de escrúpulos e o elitismo. É cínico, sedutor e rebelde. Mas, embora seja possível falar de uma personalidade corrompida pelo sistema ou pelo abandono afetivo, suas atitudes não têm justificativa nem merecem nenhuma flexibilização do olhar", afirma o ator.

Massaro conta que se inspirou em figuras diversas para dar vida ao personagem: "No campo das referências mais diretas, assisti a filmes como 'Luca' e 'Juventude Transviada', e pesquisei figuras como Elvis Presley e Eduardo Bolsonaro". O ator conta ainda que passou por um acompanhamento com a preparadora de elenco Maria Beta Perez.

Segundo o artista, Nelsinho enxergará Isadora como algo a ser conquistado. "Ele se aproveita de um momento de fragilidade dela para achar a sua própria força, como um bom covarde", explica. A jovem começará a andar com a turma do rapaz depois que Inês (Laís Gavazzi) apresentar um ao outro.

A convivência de Isadora com o grupo vai chamar a atenção de Violeta (Malu Galli), Arminda (Caroline Dallarosa), Joaquim (Danilo Mesquita) e Davi (Rafael Vitti), que perceberão o comportamento rebelde da moça. As cenas estão previstas para irem ao ar a partir de sábado (14).

Sobre trabalhar ao lado de Larissa Manoela, o ator conta que a troca foi natural. "Larissa é magnética. Tem talento, carisma e estrela. A intuição de que seria fácil trabalhar com ela se confirmou logo na primeira cena", conta.

A justificativa, segundo ele, está nas estrelas: "Descobrimos até uma explicação astrológica para isso: ambos somos capricornianos com ascendente em peixes!".

Antes da novela das seis, Johnny trabalhou com o diretor Luiz Henrique Rios em "Malhação", há mais de 12 anos. O ator, que deu vida a Giotto em "Verdades Secretas 2", diz não ter tido dúvidas sobre o novo papel. "Senti de imediato que deveria fazer. Especialmente por ser algo radicalmente diferente do meu último trabalho na TV."

Além do folhetim das 18h, Massaro está no processo de finalização de seu primeiro filme longa-metragem , "A Cozinha", no qual atua como produtor e diretor. "Acredito muito na história do filme e no resultado que estamos alcançando. Sinto que as pessoas vão gostar!", finaliza.

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem