Zapping - Cristina Padiglione

Alexandre Nero e Marina Ruy Barbosa poderão ser pai e filha em nova série

Amantes em 'Império', os dois são cotados para produção baseada na obra de Nelson Rodrigues

Maria Ísis ( Marina Ruy Barbosa ) e José Alfredo ( Alexandre Nero ). - João Miguel Júnior/Globo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

No ar como os amantes José Alfredo de Medeiros e Maria Ísis na reprise de "Império", novela de 2014, de Aguinaldo Silva, os atores Alexandre Nero e Marina Ruy Barbosa poderão reeditar a parceria na tela, dessa vez como pai e filha. Os dois estão cotados para "Paraíso Perdido", super série em 50 capítulos, novo trabalho da dupla George Moura e Sergio Goldenberg, baseada na obra de Nelson Rodrigues.

Marina encabeça as preferências dos autores para ser Maria Cecília, herdeira de grande fortuna, que foi estuprada por três homens. O pai da moça, Werneck, personagem que tem Nero como o nome mais cotado, procura então um homem para se casar com a filha, que ele julga já "estragada" para um casamento convencional.

Os personagens são da peça "Otto Lara Resende ou Bonitinha, Mas Ordinária", escrita por Nelson em 1962. A escolha final sobre a escalação dos dois vai depender do momento em que a nova série, ou mininovela, for programada para entrar em estúdio, o que só ocorrerá após o término das gravações de "Verdades Secretas 2".

O acerto estará sujeito à disponibilidade de ambos no momento em que a produção começar a ser gravada. A definição também depende da concordância do diretor, ou diretora, profissional ainda não escolhido para a missão.

Todos os trabalhos de Moura e Goldenberg na bem-sucedida carreira de séries escritas pelos dois até aqui teve José Luiz Villamarim como diretor, e ele está ausente dos estúdios desde que assumiu a direção de teledramaturgia da Globo, no lugar de Silvio de Abreu, que deixou a Globo em março.

Moura e Goldenberg já tiveram Nero no protagonismo de "Onde Nascem os Fortes", de 2018, última produção da dupla dirigida por Villamarim. A mais recente série lançada pelos dois é "Onde Está o Meu Coração?", disponível no GloboPlay, dirigida por Luísa Lima. A obra é certamente a melhor produção nacional lançada este ano na TV.

Na contramão das tantas vezes em que nos fizeram chorar, Goldenberg e Moura assinam o filme "Um Casal Inseparável", comédia romântica da Globo Filmes, dirigida pelo primeiro e roteirizada pelo segundo, que estreia nos cinemas nesta quinta-feira (9), com Marcos Veras e Nathalia Dill.

"Paraíso Perdido" será baseada em quatro peças de Nelson Rodrigues. Além de "Bonitinha, mas Ordinária", os autores terão personagens de "Toda Nudez Será Castigada", "Os Sete Gatinhos" e "A Mulher Sem Pecado".

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem