Aventura na cozinha

Em tempos de coronavírus, aprenda a preparar pão caseiro para evitar idas à padaria

Receita é simples e fácil, além de funcionar como terapia

Pão caseiro Juliana Ventura/Folhapress

Olá, cozinheiros! Bem-vindos a mais uma aventura na cozinha! Do quarto para a sala para a cozinha para o banheiro para sala para o quarto. Repete. Se você tem o privilégio de poder trabalhar de casa durante a quarentena proporcionada pela pandemia do novo coronavírus, esse deslocamento doméstico pode ter se tornado familiar para você. E um pouco enlouquecedor.

Por isso, no texto de hoje, vou falar sobre a preparação culinária que tem funcionado como terapia para mim e que pode, além disso e principalmente no caso de idosos e vulneráveis, evitar idas desnecessárias à padaria. Estou falando dele mesmo: o pão.

Não vou entrar no mérito dos pães de fermentação natural, que amo e cuja a preparação é bastante semelhante à dos pães de que usam fermento biológico normal. A ideia aqui é literalmente por a mão na massa e preparar de maneira bem simples um dos maiores pilares da nossa cozinha.

De quebra, ainda fugimos dos pães industrializados, que, por mais práticos que sejam e dos quais às vezes não há escapatória, tem em sua lista de ingredientes uma série de conservantes, estabilizantes e aromas.

Para isso, por que não recorrer a farinha, água e fermento? Com um tantinho de sal e açúcar, já é possível fazer o pão. A receita que dou aqui leva azeite, mas ele não é imprescindível. O pão é um dos alimentos mais antigos do mundo, sustento milenar, e continua com tal até hoje.

Este pão caseiro é fofo com casca ligeiramente crocante. Pode ser fatiado e torrado ou cortado em pedaços maiores. Pode também ser assado em porções pequenas. Neste caso, na hora de modelar, antes do segundo descanso, é só dividir (essa quantidade faz bem seis pães pequenos) da maneira que preferir.

Para quem acha que não sabe fazer pão, tenha certeza de que, como qualquer outra, essa atividade requer prática. E esse é um bom momento para treinar. A sova da massa não requer força, apenas dobras simples, uma sobre a outra. Aproveite o momento para relaxar, prestar atenção apenas ao seu pão e tirar a mente das notícias que têm afogado a todos. Tenha cuidado especial com a reação da farinha à água.

A massa deve ficar elástica e úmida, mas não grudenta nem dura. Aos poucos, com o passar dos pães, você conseguirá entender qual quantidade é melhor para a marca de farinha que usa. Acredite, o próximo sempre vai ser melhor do que o anterior. No mais, permaneça em casa!

Vamos para a cozinha? Até a próxima!


PÃO CASEIRO

Dificuldade: Médio
Rendimento: 1 pão de cerca de 500 g

Ingredientes:
3 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 e ½ xícara (chá) de água morna
1 colher (sobremesa) de açúcar
1 colher (chá) de sal
3 colheres (sopa) de azeite de oliva
10 g de fermento biológico seco

MODO DE FAZER

  1. Misture a farinha, o sal, o açúcar e o fermento em uma tigela grande.

  2. Abra um buraco no meio e coloque a água e o azeite aos poucos, mexendo com uma colher.

  3. Trabalhe a massa por dez minutos com as mãos, dentro da tigela, dobrando-a sobre si mesma.

  4. A massa deve ser elástica e macia. Se achar que está grudando muito nas mãos, acrescente farinha aos poucos. Se notar que está seca, coloque um pouco de água para hidratar.

  5. Deixe a massa descansar na tigela coberta com um pano por uma hora.

  6. Tire a massa do recipiente e coloque em uma superfície enfarinhada.

  7. Modele a massa em forma de filão, apenas dobrando todos os lados para dentro e colocando a emenda para baixo.

  8. Enfarinhe uma assadeira ligeiramente e disponha a massa sobre ela. Faça cortes sobre o pão e deixe descansar por mais meia hora.

  9. Asse em forno médio por cerca de 30 minutos, até dourar bem. Coloque uma segunda assadeira com água na parte debaixo do forno para criar vapor.

(A)ventura na cozinha

Juliana Ventura, 35, é jornalista formada pela PUC-SP (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo), pós-graduada em gastronomia pela Universidade Anhembi Morumbi e professora de culinária para crianças.
email: aventuranacozinha@grupofolha.com.br
Instagram: @venturanacozinha

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem