Televisão

Pausa de 'Salve-se Quem Puder' pegou autor de surpresa: 'Torcemos para manter o público fiel'

Autor Daniel Ortiz quer deixar 'gostinho de quero mais' e avalia primeira temporada

Alexia/Josimara (Deborah Secco), Kyra/Cleyde (Vitória Strada) e Luna/Fiona (Juliana Paiva) veem pela primeira vez o sitio de Zezinho (João Baldasserini) em Judas do Norte e Filipa voa na direção delas.
Alexia/Josimara (Deborah Secco), Kyra/Cleyde (Vitória Strada) e Luna/Fiona (Juliana Paiva) são as protagonistas - Paulo Belote/TVGlobo
São Paulo

A pandemia do novo coronavírus obriga a Globo a fazer adaptações em suas novelas. Todas elas deixaram de ser gravadas e estão sendo substituídas por outras reprises. E “Salve-se Quem Puder” passará pelo mesmo desafio. Haverá uma pausa neste sábado (28), e a partir desta segunda (30), “Totalmente Demais” entrará em seu lugar, às 19h, por tempo indeterminado.

Autor da trama, Daniel Ortiz trata a pausa forçada como um fim de temporada. Porém, confessa que a solução encontrada pela Globo o pegou de surpresa. “Claro que o elenco e eu fomos pegos de surpresa. Apesar de que, com o passar dos dias e das atualizações da gravidade da situação, já estava imaginando que alguma coisa nesse sentido aconteceria. Gravamos as cenas que faltavam, fizemos alguns adendos. O sentimento atual é de torcida para que essa fase acabe logo e que a gente possa voltar”, opina.

A temporada terminará com revelações e suspense (veja mais abaixo). O autor fala sobre as expectativas para o último capítulo. “Deixaremos aquele ‘gostinho de quero mais’. Tudo isso para que o público tenha um final de temporada interessante. Trabalhamos muito nesta reta final para entregar um desfecho emocionante.”

Ortiz evita pensar em um possível esquecimento de parte do público por sua novela. “Vamos pensar como se fosse uma série de televisão que termina, mas que tempos depois, volta. Torcemos para manter o público fiel do horário. É possível que no retorno da temporada a gente precise relembrar o público do que estava acontecendo. Mas esperamos que não seja um hiato tão longo.”

‘Salve-se Quem Puder’, na última semana com dados consolidados (16 a 21 de março), rendeu 31 pontos de média de ibope no Painel Nacional da Televisão. Em SP, na mesma semana, fez 32 pontos, o seu recorde. Até então, o melhor índice da novela que deixa a grade de programação era em 2 de março com 31,4 pontos na Grande SP (cada ponto equivale a cerca de 73 mil domicílios).

Claro que o pensamento após uma pausa como essa é o de manter o ritmo e preparar um retorno ainda melhor. Mas o autor afirma que o caminho traçado até agora foi satisfatório.

“Nesse momento de coronavírus, tenho recebido mensagens de pessoas agradecendo a novela porque ela diverte no meio de tanta notícia triste, né? A comédia tem sido leve, de fácil absorção do público e para todas as idades. A comédia une diferentes gerações e, de uma maneira ou de outra, acaba sendo universal”, conclui.

Para o especialista em TV Dirceu Lemos, a história termina com bons assuntos a serem desenvolvidos e isso deve gerar expectativa no público. “É uma novela que está no meio. Há triângulos amorosos que necessitam de uma resolução, por exemplo. Torço por um bom gancho do autor. É uma novela interessante com um humor pastelão importante para o horário”, diz.


MOMENTOS FINAIS

Os últimos momentos de “Salve-se Quem Puder” reservam emoções. Renatinha (Juliana Alves) vai flagrar Kyra (Vitória Strada) na Labrador. Como ela imaginava que a mulher estava morta, a secretária vai achar que está tendo uma visão do espírito da ex-noiva de Rafael (Bruno Ferrari).

Dominique (Guilhermina Guinle) também descobrirá que uma das três testemunhas da morte do juiz Vitório (Ailton Graça) está viva e não morreu durante a passagem do furacão em Cancún. Ela irá perseguir a moça.

Portanto, o segredo de Alexia (Deborah Secco), Kyra e Luna (Juliana Paiva) ficará por um fio. O desenrolar disso só na próxima temporada.

Outro gancho que será revelado nos momentos finais é o nome do chefe de Dominique, aquele que comanda a organização internacional criminosa: é Hugo (Leopoldo Pacheco).


EXPECTATIVAS PARA A VOLTA

As protagonistas de “Salve-se Quem Puder” estão otimistas quanto à volta da segunda temporada da história. De acordo com elas, muita coisa está para acontecer e o encerramento da primeira leva de capítulos deixará ganchos importantes para a sequência.

Para Deborah Secco, sua personagem, Alexia, deve se transformar assim como a novela. “A segunda fase vai ser uma fase cheia de reviravoltas. Com tudo se resolvendo, todos os mistérios. Acho que será impactante e emocionará o público”, opina ela, que também diz não ter torcida com relação a com quem Alexia deva ficar: Renzo (Rafael Cardoso) ou Zezinho (João Baldasserini). “As pessoas torcem por ambos. O Daniel (Ortiz) vai ter dificuldade para resolver esses casais.”

A atriz Vitória Strada acredita que o público abraçou a história das três mulheres, suas diferenças e também a união entre elas. “Temos ainda muita história para contar. Várias tramas para desenrolar ainda nessa novela. Temos os bandidos atrás das três, a família que não sabe que elas estão vivas, os amores do passado e do presente. A próxima temporada promete”, opina.

Juliana Paiva conta tudo o que o público ainda deverá descobrir ao longo da história. “A Helena (Flávia Alessandra) precisa descobrir que a filha está viva e que Fiona é a Luna. Téo (Felipe Simas) precisa saber que Fiona é a menina que ele salvou no meio do furacão. Juan (José Condessa) tem que desmentir essa história da traição. Mário (Murilo Rosa) e Juan estão vindo para o Brasil. Muitos acontecimentos estão por vir nesta segunda temporada.”

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem