Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui para continuar.

Cinema e Séries
Descrição de chapéu Cinema

'Bridgerton' retoma produção após duas interrupções por Covid

Sucesso de 2020, série caminha para 2ª temporada

Cena da série 'Bridgerton', da Netflix
Cena da série 'Bridgerton', da Netflix - Divulgação/Liam Daniel/Netflix
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

A produção da 2ª temporada de "Bridgerton" (2020, Netflix) foi retomada. Após duas interrupções devido a casos de Covid-19, o sucesso está sendo gravado novamente, como diz o produtor Chris Van Dusen a Variety. "Tivemos que atrasar pela Covid, mas estamos de volta."

"Agora mesmo estou postando, editando nossos primeiros episódios, que estão parecendo ótimos", disse Van Dusen, que atualmente está indo e voltando entre Los Angeles e o set de Londres. A produção da sequência havia sido suspensa por tempo indefinido em julho, após um segundo caso de coronavírus.

Na época, a Netflix não comentou se os dois casos ocorreram entre membros do elenco ou da equipe técnica, mas confirmou que ambas pessoas passaram por isolamento. A nova temporada foca em Anthony Bridgerton (Jonathan Bailey) e sua busca para encontrar uma parceira adequada.

"Pegamos Anthony após ver o que ele passou com sua amante. Ele está pensando: 'Isso foi amor?' Alguns chamariam assim, outros não. Estamos explorando esses conceitos de dever e honra mais uma vez", revela Van Dusen.

Em meados de junho, a atriz Phoebe Dynevor, 26, intérprete de Daphne Bridgerton, contou como ficará a história de sua personagem na 2ª temporada de "Bridgerton", já que seu marido, Simon Basset, de Regé-Jean Page, 31, não estará mais no elenco.

Em entrevista ao The Wrap, ela afirmou que será "definitivamente diferente". Antes protagonista, agora a personagem Daphne será coadjuvante na temporada e cederá seu lugar ao seu irmão, Anthony Bridgerton (Jonathan Bailey).

"E eu já disse isso antes, mas acho que os fãs que leram os livros e os conhecem estão cientes que cada temporada terá como foco a jornada de um irmão diferente", pontua. "E pode ser um pouco mais —não um choque, mas uma surpresa para os fãs que amam tanto a história de Daphne e Simon."

Ao final da 1ª temporada, Daphne teve um bebê. Dynevor afirma que o Duque de Hastings continuará presente em sua vida, porém, fora das telas. "Ele certamente será muito referido. Acho que veremos o bebê", comenta, "vamos nos concentrar mais em seu relacionamento com a Família Bridgerton."

"Mas eu acho que honestamente é a alegria do show a longo prazo, poder ver essas diferentes histórias de amor se desenrolarem", continua. A 2ª temporada de "Bridgerton" irá focar a história de Anthony e seu namoro com Kathe Sharma, interpretada pela atriz Simone Ashley, 26, da série "Sex Education" (Netflix).

"Não há duas temporadas iguais e eles terão uma emoção diferente", disse Dynevor. "Cada temporada será realmente diferente e mágica em sua própria maneira". A atriz ainda elogiou o trabalho dos diretores do sucesso, Shonda Rimes e Chris Van Dusen.

"Não há muitas séries de TV que fazem isso, que se concentram em personagens diferentes a cada temporada. Mas acho que cada temporada terá sua própria magia, o que é ótimo". Se a 3ª e 4ª temporadas, já confirmadas, seguirem o curso dos livros de Julia Quinn, elas se concentrarão nos outros irmãos de Daphne, Benedict (Luke Thompson) e Colin (Luke Newton).

Quanto a saída de Page da série, a atriz afirma que conversou um pouco com o ator. "Foi inesperado para nós dois o quão grande o show se tornou e a propriedade que as pessoas têm sobre os personagens, o que é brilhante e incrível em muitos aspectos."

"Mas também somos atores ativos e estamos apenas avançando. Eu acho que é engraçado, mas também adorável, que as pessoas se sintam tão próximas de ambos. É um elogio e é adorável. E mal posso esperar para ver o que Regé fará em sua carreira", completou Dynevor.

E além das temporadas confirmadas de "Bridgerton" a Netflix irá produzir uma série baseada nos primeiros anos da Rainha Charlotte, que incluirá a mãe de Daphne, Violet Bridgerton e Lady Danbury. Sobre a série derivada, a atriz diz estar animada para assistir.

"Vai ser incrível também, porque não é baseado em nenhum livro. Eles podem literalmente fazer o que quiserem", diz. "Vou ser capaz de assistir como um verdadeiro fã. Além disso, mostrar essas mulheres realmente poderosas e suas histórias é uma ótima ideia. Mal posso esperar por isso", completou a atriz.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem