Cinema e Séries

Musa de Vik Muniz, atriz Cristiane Machado fala sobre sucesso da obra e da estreia em Hollywood

Imagem dela retratada com sucata é exposta em museus do mundo todo

 
Imagem de Cristiane Machado, que foi transformada na obra de arte Melancolia, de Vik Muniz, usada na abertura de Passione
Imagem de Cristiane Machado, que foi transformada na obra de arte Melancolia, de Vik Muniz, usada na abertura de Passione - Divulgação
Cris Veronez
Rio de Janeiro

Quando foi convidada para protagonizar a abertura da novela "Passione" (Globo, 2010-2011), Cristiane Machado, 35, nem imaginava que o trabalho a tornaria musa do famoso artista plástico brasileiro Vik Muniz. Muito menos que emplacaria trabalhos no cinema como fruto da experiência, como o nacional "Quando Chega a Hora de Esquecer", que deve estrear em dezembro, e o americano "Fear", ainda em produção. 

Oito anos se passaram e a imagem da atriz esculpida pelo artista plástico continua sendo exposta nos principais museus do mundo. A obra de Muniz já passou por países como França, Japão, Espanha, e recentemente foi para Estados Unidos e Inglaterra. 

“Os filhos dos meus filhos saberão que fui uma obra de arte”, comemora Machado, que foi o segundo rosto esculpido por Muniz —antes dela, ele havia esculpido apenas Elizabeth Taylor.

"Vik precisava de uma mulher que tivesse um ar meio italiano e me escolheu. Achei que era só abertura da novela, mas acabou que me rendeu outros trabalhos muito importantes”, relembra Machado, cuja última novela foi “A Terra Prometida”, da Record.

Muniz fez uma fotografia da atriz interpretando uma mulher que espera o amor de sua vida. Depois, projetou a imagem em tamanho gigante no chão e fez uma intervenção com sucatas e outros objetos. O cabelo de Machado, por exemplo, foi montado com pneus, simulando seus cachos.

A obra, chamada Melancolia, acabou fazendo parte de outros produtos, como um livro sobre arte feita com lixo. "Sou muito romântica. Nesse sentido, foi fácil fazer esse trabalho", contou a atriz ao F5. "Tenho esse lado romântico de escrever diários e esperar o príncipe encantado."

​E o amor dela chegou mesmo, alguns anos depois. Em 2017, Cristiane Machado conheceu o marido, o empresário Sérgio Thompson-Flores. Em agosto do mesmo ano eles noivaram e em abril de 2018 já estavam casados.

"Tenho uma astróloga com a qual me consulto todos os anos. Queria muito conhecer o Peru e ela me disse que este seria um lugar mágico para passar meu aniversário. Falei para Sérgio e ele topou. Pediu minha mão lá. Foi muito bonito", relembra.

Machado diz que praticar a generosidade é essencial na vida de casada. "Vivo à moda antiga. Prezo muito isso por causa da minha família, dos meus pais. As pessoas casam hoje como se fosse algo descartável e logo se separam. Sempre tive o sonho de casar de véu e grinalda, de encontrar a pessoa que vai preencher a metade do meu coração. O casamento é uma negociação diária. Você cede aqui, o outro cede ali, e vamos construindo uma vida juntos, com paciência."

Machado conta que pensa de forma tradicional quando o assunto é família. A atriz afirma que, antes do casamento, morava com os pais. "Eu me dividia entre eles. Eu me casei e agora visito meu pai pelo menos duas vezes na semana. Ele mora com minha tia hoje, mas estamos sempre juntos."

Emocionada, ela relembra o dia em que entrou na igreja acompanhada pelo pai, Júlio, que perdeu a visão aos 62 anos. "Na verdade, toda noiva é levada para o altar pelo pai. Neste caso, eu que o levei até lá comigo. Chorei horrores. Foi muito lindo guiar a direção dele, como ele guiou minha direção na vida ao lado da minha mãe”. 

Com alguns trabalhos engatilhados para este ano —um deles internacional—, ela diz que pretende engravidar em 2019. Assim, dá tempo de cumprir com os últimos compromissos profissionais e curtir a vida a dois com o marido.

“Quero ter dois filhos. Se vierem gêmeos, vai ser a melhor coisa, porque a carreira de atriz te exige muito. É difícil ter papéis em que você está grávida. Sou atriz, jornalista e formada em cinema. É preciso ter sempre um plano B."

CARREIRA NO CINEMA

Em novembro, Cristiane Machado estará nos cinemas no filme "Quando Chega a Hora de Esquecer", com direção de Xandy Novaski, que aborda o Alzheimer e terá sessões na Alemanha, país pioneiro em pesquisas sobre a doença.

Na trama, a atriz interpreta a personagem Lívia, companheira de Edu (Edivaldo Azevedo), cuja mãe, Martha (Jeanne Viterbo), tem a doença. "O filme vai mostrando cada estágio, até o momento em que Marta perde totalmente a lucidez. Lívia é o ponto de equilíbrio da família. Chega um momento em que Edu não quer mais saber da mãe. Então a Lívia cuida de todo mundo", adianta.

"Devemos ter muito amor por tudo o que a gente faz. Primeiro porque não sabemos o dia em que vamos partir. Segundo, por que a gente nunca sabe o que a vida está nos reservando. Independentemente disso, a troca de amor com o outro é muito importante, seja com quem for. Quando você gera amor, isso frutifica. Esse filme foi muito forte para mim."

Convidada pelo diretor americano Josh Taft para integrar o elenco de "Fear" (título provisório), Cristiane  Machado viverá Maria, uma mulher brasileira que vai tentar a vida nos Estados Unidos e é peça-chave em um caso de assassinato. As filmagens aconteceram em Los Angeles e tiveram cenas em Porto Rico. No longa, que deve estrear em 2019, ela fala em inglês.

"Eu me cobro muito. Foi um desafio enorme interpretar em uma língua que não é a minha, por mais que tenha essa licença de ser brasileira na própria trama. É diferente interpretar, pensar, raciocinar, sentir em outra língua. Fazer um filme de Hollywood tem uma carga muito mais pesada. Era um sonho. Eu era pequena e visitava os estúdios, e agora entrei lá para gravar um filme de verdade."

PROJETO SOCIAL

Cristiane Machado é uma das representantes do projeto Amigos da Amazônia desde 2010. Todos os anos, o grupo —do qual também faz parte o designer Hans Donner, marido de Valéria Valenssa– leva material escolar e alimentos para crianças ribeirinhas.

“A partir de fevereiro de 2019, darei aulas de interpretação e direção para essas crianças”, comemora Machado. Segundo a atriz, cerca de 7.500 alunos são atendidos. A base do projeto fica na BR-319, em Manaus. O site, intitulado Amigos da Amazônia, está sendo reformulado.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias