Carnaval

Maria Casadevall se desculpa com mulheres e diz que deixar seios à mostra foi privilégio

Atriz diz que estava protegida por ser 'branca e figura pública'

Maria Casadevall durante desfile do bloco carnavalesco Acadêmicos do Baixo Augusta Greg Salibian - 24.fev.2019/Folhapress

São Paulo

Três dias após deixar os seios à mostra durante o bloco de Carnaval Acadêmicos do Baixo Augusta, neste domingo (24), em São Paulo, a atriz Maria Casadevall, 31, afirmou que a atitude foi fruto de privilégios por ser "mulher branca e figura pública".  

"Não, meu peito à mostra no último domingo em um bloco pré-Carnaval de SP não era um protesto. Não era uma manifestação feminista e não era um convite a coisa nenhuma", escreveu Maria Casadevall em publicações feitas no Storie  do Instagram —recurso em que fotos e vídeos desaparecem após 24 horas. 

"O meu peito à mostra no último domingo pré-Carnaval, reconheço, estava ali protegido por todos os privilégios que me cercam como mulher branca e figura pública e certamente garantiriam a minha integridade física ao fazer essa escolha naquela tarde, como aconteceu. Meu peito à mostra no último domingo pré-Carnaval foi fruto de uma escolha pessoal, mas eu pude fazer uma escolha. E isso é um privilégio", afirmou a atriz nesta quarta-feira (27). 

 

Em uma série de 12 publicações, a atriz também pediu desculpas às mulheres, sobretudo às negras, que se "sentiram prejudicadas em suas lutas" ou "atravessadas" pela sua atitude de deixar os seios à mostra. Nas redes sociais, militantes afirmaram que mulheres negras não teriam a mesma segurança e receptividade que Maria Casadevall teve.  

Além de deixar os seios à mostra, Maria Casadevall mostrou o escrito "EleNão" na altura do colo durante desfile do Acadêmicos do Baixo Augusta. Adotado por militantes contrários ao presidente Jair Bolsonaro (PSL), o slogan é usado desde as eleições de 2018.

O F5 tentou contato com Maria Casadevall, mas a assessoria da atriz afirmou que ela não falaria sobre o assunto. 

O desfile do Acadêmicos do Baixo Augusta também contou com famosas com as atrizes Alessandra Negrini, rainha do bloco, e Mariana Ximenez. Conhecido por sua pegada política, o bloco Acadêmicos do Baixo Augusta inspirou-se na música "Que País é Esse?", do grupo de rock brasiliense Legião Urbana, para escolher o tema do desfile de 2019.   

Coberta por glitter, Maria Casadevall compôs o figurino de Carnaval com shorts azul, meia-calça arrastão preta, tênis vermelho e pochete. Em março, a Netflix estreia a série brasileira "Coisa Mais Linda” protagonizada por Maria Casadevall. Na produção, a atriz interpreta uma mulher rica que se muda para o Rio de Janeiro para abrir um restaurante com o marido, mas ao chegar lá descobre que ele a deixou e fugiu com todo o dinheiro do casal. 

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias