Carnaval

Maria Casadevall deixa seios à mostra e escrito 'EleNão' em bloco de São Paulo

Slogan é usado por militantes anti-Bolsonaro desde as eleições de 2018

Maria Casadevall durante desfile do bloco carnavalesco Acadêmicos do Baixo Augusta
Maria Casadevall durante desfile do bloco carnavalesco Acadêmicos do Baixo Augusta - Greg Salibian/Folhapress
 
São Paulo

A atriz Maria Casadevall, 31, deixou os seios à mostra e o escrito "EleNão" na altura do colo durante desfile do bloco de Carnaval Acadêmicos do Baixo Augusta, em São Paulo, neste domingo (24).

Durante o trajeto do bloco pelo centro da capital paulista, Marisa Casadevall abriu os botões da camisa branca que usava e apontou os dedos para o escrito "EleNão" em tinta rosa. Adotado por militantes contrários ao presidente Jair Bolsonaro (PSL), o slogan é usado desde as eleições de 2018. 

Coberta por glitter, Maria Casadevall compôs o figurino de Carnaval com shorts azul, meia-calça arrastão preta, tênis vermelho e pochete. 

"Se a minha liberdade te assusta, confronte o que te prende ao invés de tentar cortar minhas asas", escreveu Maria Casadevall numa publicação pelo recurso Stories no Instagram —em que fotos e vídeos desaparecem após 24 horas. O texto acompanhava um desenho do momento em que mostrou os seios no bloco —a arte foi desenvolvida por uma seguidora, a arquiteta Thais Trindade. 

Em outra publicação, também pelo Stories, Maria Casadevall publicou uma foto com os mamilos tapados digitalmente. A rede social Instagram veda imagens de nudez. O F5 tentou contato com Maria Casadevall, mas a assessoria da atriz afirmou que ela não falaria sobre o assunto. 

Em março, a Netflix estreia a série brasileira "Coisa Mais Linda” protagonizada por Maria Casadevall. Na produção, a atriz interpreta uma mulher rica que se muda para o Rio de Janeiro para abrir um restaurante com o marido, mas ao chegar lá descobre que ele a deixou e fugiu com todo o dinheiro do casal. 

O desfile do Acadêmicos do Baixo Augusta também contou com famosas com as atrizes Alessandra Negrini, rainha do bloco, e Mariana Ximenez. 

Conhecido por sua pegada política, o bloco Acadêmicos do Baixo Augusta inspirou-se na música "Que País é Esse?", do grupo de rock brasiliense Legião Urbana, para escolher o tema do desfile de 2019. Dessa forma, no evento que marcou os dez anos de existência do bloco, seus integrantes quiseram marcar posição contra o autoritarismo que, segundo analisam, tem sido estimulado recentemente no Brasil.

A setlist do bloco foi cheia de subtexto político, especialmente com exaltação à diversidade. Passando por samba, frevo, axé e rock, cantaram a esperança de novos tempos com Cartola ("Juízo Final"), falaram da força feminina ("Frevo Mulher"), fizeram o elogio à diferença  ("Bichos Escrotos", dos Titãs) e ironizaram os machões ("Cara Valente").

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias