Celebridades

Giulia Be chora após críticas ao cantar no Encontro: 'Me deixem em paz'

Cantora fez um desabafo nas redes sociais sobre os ataques de haters

Cantora Giulia Be
Cantora Giulia Be - Instagram/@giulia
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Giulia Be, 21, desabafou nos stories do Instagram após ser alvo de haters por sua apresentação no programa Encontro com Fátima (Globo), nesta quarta-feira (23). Chorando, ela pediu para os internautas pararem de enviar mensagens de ódio nas redes sociais e pediu desculpas aos fãs.

No programa, ela cantou a música “Inesquecível”, uma parceria com Luan Santana. Mas a performance da cantora e o seu visual foram criticados por internautas no Twitter: "Meu Deus que roupa horrorosa da Giulia Be parece que saiu de uma máquina do tempo diretamente de 2001".

Outros internautas apontaram a dicção da cantora. “Giulia Be cantando no Encontro e eu pensei que ela estava cantando em inglês, só agora vi que é em português”, afirmou uma pessoa. “Giulia Be é o terror dos fonoaudiólogos, que dicção horrível! Imagina um feat dela com o Vitão, o terror que não causaria nos fonoaudiólogos, ouvindo eles cantarem juntos”, escreveu outra.

A cantora disse que estava com muita ansiedade antes de participar do programa de Fátima Bernardes. "Ninguém achou que eu ia conseguir. A própria produtora falou para eu não entrar ao vivo. Eu consegui, eu entrei. Eu estou em uma semana de lançamento, o mundo está tão estranho. Não está fácil para ninguém", afirmou.

Giulia Be falou que quem a acompanha sabe que é extremamente perfeccionista, gosta de ensaiar e ter as coisas certas. “Eu sabia que não ia dar certo hoje. O que eu ia fazer? Às vezes a gente acorda e não está no nosso melhor dia. Mas tem que fazer! É trabalho!".

A artista pediu desculpas para os fãs e as pessoas que a acompanham, que queriam ter visto outra Giulia no palco do programa. Ela pediu para todos que falam mal dela pensarem duas vezes antes de fazer isso.

“Me deixem em paz, por favor. Eu não quero que pareça ingratidão por essa carreira e esse momento, eu estou feliz. Eu tenho tudo! Saúde, amigos, família, fãs incríveis, uma carreira incrível. Às vezes eu me cobro por estar triste, mas não tem jeito. Às vezes a gente não consegue controlar, mas vai passar", afirmou.

NOVO SINGLE

A artista lançou no dia 11 de junho o single “Lokko” como pontapé inicial de sua nova era, mais madura, segura e pronta. Após meses de estudos e preparação, a artista afirmou que, daqui para frente, todos vão ver “uma Giulia mais preparada, mais artista.”

“Vocês acham que eu fiquei seis meses sem fazer nada?”, brincou a cantora, em entrevista ao F5. O single, que fala sobre a animação e o “gostinho de vida” de um amor louco, chega acompanhado de seu clipe, produzido no parque Hopi Hari, em Vinhedo (interior de SP), que virou a “Locolândia” de Giulia.

Além da produção do parque de diversões e referências dos anos 1970, 1980 e 2000, o clipe traz convidados especiais, como o cantor Pedro Sampaio, 23, que já esteve no clipe de “Recaída”, e Lucas Jagger, 22, seu melhor amigo. “Não é a toa que eu estou me sentindo tão livre, solta e representada.”

A artista diz que sua principal motivação para voltar com uma produção grandiosa foi o apoio de seus fãs. Já sobre a escolha por “Lokko” para esse retorno, ela conta que era uma música já escrita e muito requisitada por seus seguidores, mas que chega agora cheia de ressignificação.

Giulia conta que reescreveu um verso da canção e trabalhou para colocar seu coração nela. “Precisei de um tempo esse ano para assimilar tudo o que aconteceu com a minha carreira”, conta, “nesses meses, fui descobrindo o que era o mercado de trabalho e ter uma equipe.”

Nesse período, a cantora também se dedicou às aulas de dança, de voz e a entender como sua carreira começou de forma tão rápida na internet. Em apenas dois anos, Giulia já tinha a música "Too Bad" na trilha sonora da novela "O Sétimo Guardião" (Globo, 2018).

Com essa ascensão rápida, a artista afirma que é difícil receber críticas e ataques, mais frequentes nas redes sociais, mas ressalta que tem lidado bem, focando em comentários positivos e de apoio.

“As pessoas precisam ter mais responsabilidade sobre o que elas falam”, comenta ela que relembra os ataques sofridos pela cantora Luísa Sonza, 22, que adiou a estreia de seu álbum e está afastada das redes sociais. “É uma realidade que ao mesmo tempo que parece distópico, absurdo e muito distante, nunca esteve tão próximo.”

Giulia mesma já passou por problemas de fale news e rumores nas redes sociais, com a propagação de histórias sobre um possível relacionamento dela com o cantor Luan Santana, 30, em outubro do ano passado. Na época, os dois lançaram a música e o clipe de “Inesquecível”.

"Essa história, maior do que eu ou Luan, reflete uma sociedade brasileira absolutamente machista”, diz ela, “fui envolvida em uma narrativa distorcida, e foram coisas que eu, simplesmente, não estava pronta ainda para lidar na época.”

Giulia ressalta que os meses que passou sem novas músicas foram importantes até para esse aspecto de sua carreira, e para entender “como posso não fazer as coisas negativas do virtual de fato entrarem na minha vida.”

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem