Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

Celebridades

Poeta Bráulio Bessa, do Encontro, está internado com Covid

Ele participa do programa de Fátima Bernardes na TV Globo

Poeta Bráulio Bessa
Poeta Bráulio Bessa - Reprodução/Instagram
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

O poeta Bráulio Bessa, 35, que participa do programa Encontro com Fátima Bernardes, está internado com complicações da Covid-19, em um hospital de Fortaleza. Um comunicado foi divulgado pela equipe do poeta nas redes sociais, nesta quarta-feira (26).

Bessa apresentou os primeiros sintomas relacionados à Covid-1 no dia 16 de maio e no dia seguinte teve teste positivo para a doença. Com baixa saturação de oxigênio no sangue, no dia 25 ele foi internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) por precaução, segundo o comunicado.

“No dia seguinte, com sinais de melhora, recebeu alta da UTI e foi transferido para um leito, onde se encontra agora, assistido pela equipe médica e com quadro estável. Logo que tivermos novas informações, avisaremos a todos vocês por aqui. Agradecemos as mensagens e o carinho de sempre”.

Internautas comentaram a publicação no perfil do poeta desejando melhoras. Um deles escreveu: “Deus está contigo Bráulio! Logo você estará recuperado!”. Outro comentou: “Deus te abençoe e te cure logo desse vírus. Já deu tudo certo”.

No Rio de Janeiro, o sambista Nelson Sargento, 96, está internado em um hospital com Covid Rio. Ele foi transferido para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) no último sábado (22), após apresentar piora do padrão ventilatório e hipertensão.

Diferentemente do comunicado divulgado nas redes sociais na manhã desta quarta-feira (26) pela família, o sambista não está intubado. Boletim médico divulgado nesta tarde informa que Sargento está respirando com auxílio de máscara de oxigênio.

A família de Sargento também pede privacidade e orações "nesse momento difícil". O sambista foi hospitalizado na sexta (21) em uma unidade do Inca (Instituto Nacional do Câncer), no Rio.

A escolha do hospital, de acordo com a assessoria de imprensa, foi uma medida de prevenção adotada pelos médicos por causa do histórico de Sargento, que teve um câncer de próstata anos atrás. Sargento recebeu a primeira dose da vacina Coronavac contra a Covid no dia 31 de janeiro, e a segunda dose em fevereiro.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem