Celebridades

Andressa Urach diz que o mais difícil da conversão foi largar a vida sexual e as drogas

'Foi muito difícil me distanciar de pessoas, tive que abrir mão de todos os meus amigos'

Ex-modelo Andressa Urach
Ex-modelo Andressa Urach - Reprodução/Instagram
São Paulo

A ex-modelo Andressa Urach, 31, disse que a parte mais difícil de se converter foi largar as drogas e a vida sexual que tinha, além de deixar de lado diversas amizades.

“Foi muito difícil me distanciar de pessoas que eu amava por escolher um novo caminho. Tive que abrir mão de todos os meus amigos. Alguns viviam em baladas e usavam drogas, mas não tem como continuar convivendo porque está curando um vício em cocaína”, afirma Urach.

“Uma vida sexual ativa também foi difícil largar, porque era uma das coisas mais complicadas de ficar sem para mim”, completou a ex-participante do reality show A Fazenda em entrevista à apresentadora Luciana Gimenez, 49, no Luciana By Night (RedeTV!) desta terça-feira (8).

A gaúcha está solteira e conta que seu tipo de homem ideal não pode ser mais novo e nem sarado: “Prefiro um gordinho”, disse, em tom descontraído, durante o programa.

Andressa Urach está para lançar seu segundo livro, que se chamará "Desejos da Alma". Sobre a nova obra, ela conta que ele tratará sobre desejos carnais. “O livro fala sobre o nosso coração enganoso. Como os nossos sentimentos nos atrapalham. Às vezes você é movida por um sentimento que vai te fazer tomar decisões erradas. Se pensássemos com a razão, enxergaríamos as consequências de nossos atos”.

Urach passou por uma mudança de estilo de vida após sofrer com uma infecção nas pernas, em decorrência da aplicação de hidrogel. Hoje, ela diz que tem "vergonha" de seu passado.

Sua mudança de comportamento a redeu uma nomeação a assessora parlamentar na Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul, por indicação do deputado e pastor da Igreja Universal Sérgio Peres (PRB).

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem