Celebridades

Elton John comemora 29 anos de sobriedade: 'Era um homem acabado'

'Tive coragem de dizer três palavras que mudariam minha vida: Preciso de ajuda', disse

Elton John no Midsummer Party da Elton John Aids Foundation - Eric Gaillard/Reuters
São Paulo

O cantor Elton John, 72, celebrou nas redes sociais, nesta segunda-feira (29), os seus 29 anos de sobriedade. Com a foto de um prêmio por sua recuperação, ele agradeceu aos amigos que o ajudaram nos últimos anos.

"Há 29 anos eu era um homem acabado. Eu finalmente tive coragem de dizer três palavras que mudariam minha vida: 'Preciso de ajuda'. Obrigado a todas as pessoas amáveis que me ajudaram em minha jornada pela sobriedade. Sou eternamente grato", escreveu John.

O artista enfrentou problemas por conta da dependência química e uso de drogas ainda novo, assunto que foi abordado no recente filme "Rocketman".

O filme inclusive é guiado pelo depoimento do cantor em uma clínica de reabilitação, diante de outros pacientes e em uma terapia de grupo. Dentre os temas abordados estão o desprezo do pai, o vício em remédios e a ascensão de sua carreira.

O longa chegou a ter suas cenas de amor homossexual e de consumo de drogas censurados em Moscou, na Rússia. Segundo o crítico Anton Doline, a mensagem que aparece no final do filme também foi modificada: enquanto o texto original indica que Elton John encontrou o amor e que cria duas crianças com uma pessoa do mesmo sexo, a versão russa diz apenas que ele criou uma associação de luta contra a aids.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem