Você viu?

'Fruta fedorenta' é enviada em pacote suspeito na Alemanha e leva seis pessoas ao hospital

Caso envolveu policiais, bombeiros e serviços de segurança

Fruta Durião - Mau Kae Horng/Stock
São Paulo

Doze funcionários de um correio alemão receberam tratamento médico e dezenas de outros deixaram seu local de trabalho após a chegada de um pacote suspeito no último sábado (20) –que acabou sendo apenas uma remessa da frutas durião, conhecida como a "fruta mais fedorenta do mundo".

Policiais, bombeiros e outros serviços de emergência foram chamados ao posto de correio da cidade de Schweinfurt, onde os funcionários estavam trabalhando, segundo informações da CNN Travel. "Devido ao conteúdo desconhecido, inicialmente não estava claro se o pacote suspeito apresentava um risco maior", diz uma declaração do departamento de polícia de Schweinfurt.

Todo o edifício foi evacuado, e cerca de 60 funcionários foram obrigados a sair antes que o pacote fosse examinado com cautela. Ao ser aberto, descobriu-se que havia apenas quatro frutas tailandesas, que um morador de 50 anos havia enviado para casa de um amigo, em Nuremberg.

O cheiro da durião é tão forte que a fruta chegou a ser proibida em muitos hotéis e no sistema de metrô de Cingapura. "Doze funcionários dos correios, que se queixaram de náusea, tiveram que ser atendidos no local", disse a polícia em Schweinfurt, acrescentando que seis foram levados ao hospital, por precaução. Seis ambulâncias, cinco carros de atendimento e dois veículos de emergência deram apoio.​

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem