Manu Gavassi Instagram

São Paulo

Com 21,09% Manu Gavassi, 27, é a terceira colocada do Big Brother Brasil 20. Ela era uma das finalistas ao lado das amigas Rafa Kalimann e Thelma, na noite desta segunda-feira (27).

A cantora entrou no BBB de uma forma única. Nunca antes alguém tinha se preparado tanto para esse desafio, também nunca ninguém colheu tantos frutos por participar do programa ainda dentro dele.

A paulistana ingressou no reality no grupo dos convidados famosos e trouxe estratégias novas ao jogo. Pegou dicas com veteranos, como Sabrina Sato, 39, e deixou uma série de vídeos para se comunicar com os fãs mesmo dentro do programa.

Assim, Manu jogou em duas frentes. A menina deslocada, rainha dos memes lá dentro, a fada sensata em seu retiro espiritual nas redes sociais.

A estratégia logo deu frutos: seus seguidores no Instagram saltaram de 4,4 milhões para 12,9 milhões –crescimento maior do que de qualquer outro participante do programa– e suas músicas antigas voltaram à lista Top 50 Virais do Spotify.

Mas seu caminho para a se tornar uma das três finalista do programa foi outro. Como ela mesma descreveu dentro do jogo, Manu perdeu o controle da situação. Se envolveu, se descontrolou, se arriscou. Tudo depois do fatídico Quarto Branco.

“O Quarto Branco para mim foi uma virada. Será que se ele [Felipe Prior] não tivesse me colocado nesse destaque que foi o Quarto Branco, ele teria ganhado de mim no Paredão? Porque eu teria ido para outro lado, teria ficado mais apagada”, chegou a dizer Manu.

“Uma história muito doida”, resume o radialista Zé Luiz, 58, pai da cantora. “Quando ela fala que realmente testou seus limites, que tinha muitos receios, que não enfrentava algumas coisas que enfrentou lá, eu a vejo muito feliz”, avalia ele.

“Ontem [dia 23 de abril, quando ela ganhou última prova do programa], passou um filme na minha cabeça. Ela foi chamada de planta, enfeite de pódio. Mas eu já falava lá atrás: discordo! Eu estou vendo ela jogar, só que no estilo dela”, afirma ele.

Mas qual seria o estilo de Manu jogar? Após chegar como a rainha dos memes e dos VTs, ela não se poupou e fez tudo que os brothers que passaram pelo programa já fizeram: brincou, dançou, discutiu, se desculpou e chorou à beça.

Logo no começou, ela já havia se destacado ao falar sobre empatia e dar aula de sororidade diante do Teste de Fidelidade, organizado por alguns participantes. “Imagina quantas mulheres não apanham e não morrem por não conseguir se desvencilhar de caras que fazem esse tipo de comentário”, chegou a afirmar.

Depois vieram as discussões: com Babu, pela divisão da comida; com Victor Hugo, por considerá-lo falso; com Flayslane, por julgá-la soberba; e até com Mari por razões que nem elas conseguiram explicar. Falta de afinidade mesmo.

A alianças e amizades foram surgindo e acabando ao longo do programa. Manu resistiu e chorou até admitir o fim da comunidade hippie, que reuniu quase metade dos participantes sob a liderança de Pyong Lee, 27. Mas chegou na final, ao lado de suas maiores companheiras: Rafa Kalimann, 27, e Thelma Assis, 35.

Para o pai de Manu, amizades que a cantora deverá levar para fora da casa, assim como a do ator Babu Santana, 40, último eliminado do programa. “Eu percebo um olhar de admiração da Manuela pra Thelma. Com a Rafa também, mas a Thelma principalmente. Acho que as três podem continuar essa amizade aqui fora.”

"Eu achei que essa semana dos quatro [as finalistas e Babu] foi muito gostosa de ver. Ela foi leve, todos ali se mostraram abertos ao outro. São quatro pessoas extremamente diferentes, mas que se completaram. Um puxando o outro, um tentando animar o outro", avalia o radialista.

Manu ainda se aproximou de Felipe Prior, 27, após muitas discussões e do Quarto Branco --que ele indicou ela e Gizelly para acompanhá-lo-- mas a amizade não vingou e, juntos, os dois protagonizaram o Paredão recorde de todos os BBB e que garantiu lugar no Guinness Book, com 1,5 bilhão de votos.

E foram, ao todo, três paredões enfrentados por Manu até chegar à grande final. Os momentos mais tensos, segundo seu pai. “Eu quase desmaiei nos três [paredões]. Eu digo: ‘Nunca mais alguém que eu amo tanto pode participar de um reality show. Fato! Não tenho coração pra isso.”

Outra pessoa que acompanhou e sofreu muito nesses três meses de Manu no BBB, foi a atriz Buna Marquezine, 26. Amiga da cantora, atualizou fãs desprovidos de pay-per-view e comentou acontecimentos da casa. “Você trate de ganhar esse programa, eu vou mandar fazer camisa”, chegou a dizer ela lá no começo, sem nem desconfiar que Manu estaria mesmo na final.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem