Televisão

Fora de Hora fará cobertura de Oscar com humor e informação, diz Paulo Vieira

Transmissão será realizada ao vivo pelo Globoplay

Cena do humorístico "Fora de Hora"
Cena do humorístico Fora de Hora - Globo/Estevam Avellar/Divulgação
São Paulo

Para quem quer acompanhar uma cobertura do Oscar menos sisuda e mais engraçada, os humoristas do Fora de Hora (Globo) vão fazer um programa especial do evento no Globoplay. A edição contará com Renata Gaspar, Paulo Vieira, Marcelo Adnet, Julia Rabello, Luís Lobianco e Luciana Paes. Mesmo quem não assina a plataforma, pode acompanhar a cobertura, basta se logar  –é gratuito.   

Serão seis horas de programa ao vivo, desde o tapete vermelho, a partir das 20h deste domingo (9), passando por cada categoria e o prêmio prêmio principal. "Eu tenho me preparado muito né, rezando, pedindo ajuda aí dos anjos que acompanham o Faustão, porque é muita loucura fazer seis horas de ao vivo. Vai ser uma jornada interessante", diz Paulo Vieira, em tom de brincadeira. 

Falando mais sério, Vieira diz que viu todos os filmes indicados, leu as críticas e estudou a carreira dos artistas cotados aos principais prêmios. "Por mais que seja uma cobertura de humor, ela precisa ser uma cobertura do Oscar, então, faz parte ter informação, curiosidade. O nosso desafio é esse: ser engraçado, mas ter informação." 

A transmissão será feita a partir dos Estúdios Globo, no Rio. Renata Gaspar conta que também procurou ver os filmes. Segundo ela, o programa tem um roteiro básico, mas muito espaço para o improviso. "É uma transmissão viva, com certeza, vai ter espaço para o improviso, troca entre o elenco e com o público, pelo Twitter", disse.

Para quem quiser a cobertura tradicional, o Globoplay terá outro sinal com Maria Beltrão, Dira Paes e Artur Xexéo, além da transmissão simultânea com a Globo, após o Fantástico.

"Coringa", de Todd Phillips, lidera as indicações ao Oscar pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. Logo atrás de "Coringa" estão "O Irlandês", de Martin Scorsese, "Era uma Vez... em Hollywood", de Quentin Tarantino, e "1917", de Sam Mendes, com dez indicações cada um.

O sul-coreano "Parasita", de Bong Joon-ho, vencedor da Palma de Ouro em Cannes no ano passado e do Globo de Ouro de melhor filme estrangeiro deste ano, concorre a seis estatuetas. Já dado como ganhador da categoria de melhor filme internacional pelos veículos especializados, concorre ainda aos prêmios de melhor filme, direção, roteiro original, edição e direção de arte. É a primeira vez que um filme sul-coreano concorre ao Oscar de filme internacional.

Edição Especial Fora de Hora no Oscar

  • Quando Dom., às 20h
  • Onde No GloboPlay
Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem