Televisão

Regiane Alves elogia parceiro do Dança dos Famosos e diz que lambada é de 'quebrar a cabeça'

Atriz afirma que dançarino é o homem em quem mais confia atualmente

Regiane Alves e Reginaldo Sama

Regiane Alves dança no ritmo forró com o professor Reginaldo Sama TV Globo / Joca Costa

Ana Beatriz Gonçalves
São Paulo

A repescagem do quadro Dança dos Famosos, do Domingão do Faustão, acontece neste domingo (3), e a atriz Regiane Alves, 41, é um dos seis competidores que buscam garantir uma das duas vagas restantes para a seminfinal. Ela disputa com Luiza Tomé, Fernanda Abreu, Junior Cigano, Bruno Montaleone e Luis Lobianco.

Ocupando o quarto lugar do ranking das mulheres, Regiane Alves falou sobre a semana intensa de ensaios, e o desafio de dançar lambada, ritmo escolhido para a repescagem. "Todo mundo fica um pouco melindrado pensando que talvez seja a última semana. Ao mesmo tempo, lambada é memória do nosso povo brasileiro, fez muito sucesso. Mas é um ritmo rápido e com muitos passos, é uma loucura e um quebra-cabeças. Espero que dê certo e que eu volte."

Positiva em relação a sua permanência, Alves não se arrisca a fazer um bolão sobre o vencedor do reality. "É difícil falar porque tudo pode acontecer. Envolve muito carisma, como o Kaysar e o Jonathan. Acho que a Dandara tem uma técnica e desenvoltura linda em cena também", diz.

Quando o assunto é o seu companheiro de dança, Reginaldo Sama, a artista faz questão de exaltar a confiança pelo professor. "Ele muito criativo e sofisticado. Costumo brincar que ele está sempre sugerindo fazer coisas novas e aí eu vou tentando e fazendo sem ter noção do todo. Só depois das apresentações, quando eu assisto, eu penso: 'Meu Deus como eu fui na dele'."

 

Solteira desde a separação com João Gomez Duarte, com quem se relacionou por sete anos e teve dois filhos, João Gabriel, 5, e Antônio, 4, Regiane Alves afirma que o dançarino é o homem em quem mais confia atualmente. "Você tem que ter confiança no seu parceiro, é uma novidade pra mim. Como estou sem namorado eu brinco dizendo isso [risos]."

Questionada sobre o ritmo mais difícil que enfrentou na competição até o momento, a atriz destaca o rock e o funk. "Foi complicado para mim entender e entrar nesses universos. O que eu mais gostei de dançar, com certeza foi forró e sertanejo", revela.

Interessada em dança desde a época do colégio, quando praticava jazz, a artista não nega o gosto pela coisa. "É muito bom e estou adorando. É um processo de aprendizado, de superação, de achar que você não vai conseguir ou de saber que você tem um limite e precisa respeitar... então é muito interessante."

O convite para participar do Dança foi muito bem-vindo, segundo Alves, que sentia necessidade de aprimorar sua carreira como atriz: "Os sentidos ficam mais aguçados." No time femnino, as primeiras classificadas para semifinal são Danda Mariana, Luísa Sonza, Giovanna Lancelotti. Já no masculino estão Kaysar Dadour, Jonathan Azevedo e Matheus Abreu.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem