Televisão

Iza recebe Alcione na volta do Música Boa Ao Vivo e revela sonho de gravar com sambista

Cantora se diz mais madura e afirma que se preparou por 28 anos

Iza recebe Alcione e Marcelo D2 na estreia da nova temporada de Musica Boa Ao Vivo
Iza recebe Alcione e Marcelo D2 na estreia da nova temporada de Musica Boa Ao Vivo - AgNews
Rio de Janeiro

A cantora Iza, 28, estreou nesta terça-feira (2) a nova temporada do programa Música Boa Ao Vivo, do Multishow, dividindo o palco com Alcione, 71, que ela classificou como uma de suas cantoras preferidas e com quem revelou ter o sonho de gravar uma canção.

“Eu sou muito tímida na posição de fã. Sabendo como é a rotina dos artistas, fico muito preocupada para não ser invasiva, para não ficar muito em cima. Quando estou perto de Alcione, Caetano Veloso, Gilberto Gil, tento falar o mais rápido possível”, conta a cantora e apresentadora. 

Iza, no entanto, deve ter um novo encontro em breve com a sambista, já que as duas dividirão o palco também no Rock in Rio, no dia 20 de setembro. 

Em sua segunda temporada como apresentadora, Iza afirma ter amadurecido nessa posição de apresentadora, tendo assumido também o comando de alguns episódios da nova temporada de Só Toca Top (Globo), ao lado de Toni Garrido. Os episódios começaram a ser exibidos na emissora no último sábado (30).

Mas o Musica Boa continua sendo um desafio maior: “A pressão do ao vivo é completamente diferente. Muita coisa para administrar. Me senti tranquila quando apresentei o Só Toca Top após o Música Boa (...) Sem dúvida, volto a apresentar o Música Boa muito mais segura e calejada. Não é mais um começo. É uma volta.”

O Música Boa Ao Vivo recebe, semanalmente, grandes nomes da música cantando canções próprias e de outros artistas, misturando MPB, pop, funk, sertanejo, rap, rock, axé, pagode e forró. A nova temporada contará com 19 episódios e ficará no ar até agosto. Na estreia, Iza recebeu, além de Alcione, o rapper Marcelo D2.

Mesmo dizendo estar mais confiante e experiente, a cantora afirma que continua extremamente crítica com o próprio trabalho e que ainda não gosta de se assistir na televisão. “Se eu sempre acho que não está bom o suficiente, é melhor eu nem ver (risos).”

Após três anos de carreira e sucessos como “Ginga” e “Dona de Mim”, Iza diz ter se preparado muito. “As coisas podem ter acontecido rápido na percepção dos outros, mas para mim não. Tenho 28 anos, sou formada, trabalhava com publicidade. Comecei [na carreira de cantora] com 25, mas a gente se forma ao longo da vida toda. Na verdade, me preparei durante 28 anos para estar aqui.”

Já a fama lhe deixou um pouco mais “maliciosa”. “Digo no sentido de não sair mais falando da minha vida para um monte de gente. Isso é uma coisa que a gente tem que tomar cuidado. Não acho que a maioria das pessoas são mal intencionadas, pelo contrário, mas é legal guardar informações que você. Procuro ir até onde sei que dou conta”. 


 

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Mais lidas