Televisão

Na pele de Mauro César, Rômulo Arantes Neto diz querer elogio por atuação e não por aparência

Ator diz ter se inspirado em amigos famosos para personagem 'Espelho da Vida'

Romulo Arantes Neto é o egocêntrico Mauro César em "Espelho da Vida"
Romulo Arantes Neto é o egocêntrico Mauro César em "Espelho da Vida" - Divulgação

Beatriz Fialho
São Paulo

Assim como boa parte de seus colegas de elenco, Rômulo Arantes Neto, 31, vive o paradoxo de interpretar um ator em “Espelho da Vida”. Na pele de Mauro César, Rômulo encarna um personagem caricato que carrega todos os estereótipos de um galã de novela.

“Ele tem esse perfil egocêntrico, é hedonista [que vive pelo prazer], aventureiro, imediatista. Mas ele tem muito jogo de cintura com a vida, é um cara bem-humorado e um personagem muito gostoso de fazer”, descreve.

Para buscar inspiração para o papel ele disse que não precisou ir muito longe. “Eu me inspirei um pouco em mim porque tento trazer sempre coisas minhas para o meu personagem. Tento emprestar o máximo que posso de quem eu sou. Não que eu seja exatamente como ele, mas sempre tem algo que nosso que pode ser emprestado.”

Ele também afirma que buscou incorporar alguns trejeitos de seus amigos famosos para deixar o personagem com um aspecto mais natural. “Estou fazendo uma mistura minha e de todos eles”, brincou. 

Protagonista da “Malhação” em 2007, aos 20 anos, Rômulo teve uma breve passagem pela Record, emissora em que ficou por três anos. Desde que retornou à Globo, em 2011, não deixou de trabalhar: foram 7 papéis em 7 anos, sem contar as participações especiais e longa-metragens. Na última se­mana, ele foi um dos poucos brasileiros no Emmy 2018, representando o filme “Mais Forte Que o Mundo”, ao lado do ator e protagonista do longa José Loreto. 

Dentre seus personagens de destaque está Robertão, de “Império”, um surfista malandro que, se não fosse pela conta bancária, seria uma cópia de Mauro César. “É outro endereço, outro nome, mas mais ou menos o mesmo tipo”.

Na trama de Elizabeth Jhin, Mauro César aceitou entrar em um relacionamento falso com Mariane (Kéfera Buchmann) para ganhar fama e promover o filme que estão gravando em Rosa Branca. O que eles estão descobrindo, no entanto, é que a relação está se tornando cada vez mais real --embora o galã sedutor não queira admitir que está apaixonado. “Ele tem um ego enorme”, comenta Rômulo. Na vida real, o ator vive um relacionamento com Pâmela Tomé, com quem estaria envolvido desde o início desse ano.

Assim como Mauro César, Neto recebe o título de galã também na vida real. O ator, no entanto, gostaria que o título de fosse sempre acompanhado de um elogio à sua atuação. “É triste como ser rotulado como galã e não como um bom ator. Se te acham as duas coisas, tudo bem; se não, é frustrante”.

Rômulo acrescenta que entende a classificação e agradece às fãs por lhe atribuírem esse status. Mas não quer se prender à sua forma física para ganhar reconhecimento. Para ele, ser galã é sinônimo de estar em forma e conquistar papéis sedutores e românticos. 

“Não vejo isso de uma forma negativa, mas, para mim, é muito mais importante ganhar credibilidade por ser um bom ator ao invés de ser um bom galã.”

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem