Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

Rosana Hermann
Descrição de chapéu jornalismo

Abaixo o Novo Normal, Bonner no Jornal Nacional!

Com tantas mudanças e incertezas, ter a mesma pessoa na TV nos traz paz

William Bonner, jornalista e apresentador
William Bonner no cenário do Jornal Nacional - Instagram/ realwbonner
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Não sei onde o ser humano estava com a cabeça quando inventaram a baboseira de "vamos sair melhores da pandemia". Primeiro que ainda nem saímos dela e, segundo, que estamos todos bem piores do que há dois anos.

Além desse delírio coletivo, teve também o equivocado conceito de "novo normal", outra tentativa de autoengano. Mas é compreensível, a gente precisa ter alguma coisa para se apegar, uma referência do que um dia foi nossa vida pré-março de 2020. E, no caso da TV, se tem um "marco de normalidade" no cotidiano brasileiro esse marco é William Bonner apresentando o Jornal Nacional.

Deu 20h30 em ponto no horário de Brasília e, se não tiver futebol, pronunciamento de autoridade, campanha política, mudança na grade, Bonner estará sentado na bancada, olhando para a câmera, dando boa noite e lendo as notícias no teleprompter como vem fazendo desde abril 1996.

Não é nem questão de ser fã, seguidora, tiete, é pela segurança que sua presença nos oferece. Com tantas mudanças, destruição e incertezas no Brasil e no mundo, ter a mesma pessoa entrando toda noite na nossa casa há 26 anos é uma imagem que nos traz paz, mesmo com todas as trocas de âncoras, apresentadoras do tempo, revezamentos aos sábados e da saída de Fátima Bernardes, que já é coisa de um passado remoto.

Sim, faz mais de dez anos que Fátima saiu do JN para o Encontro, programa que ela vai deixar em julho para apresentar o The Voice Brasil. Curiosamente, em 2011, quando Fátima saiu do JN, Patrícia Poeta entrou em seu lugar. Agora novamente Patrícia pega a vaga de Fátima no Encontro, programa que vai apresentar ao lado de Manoel Soares.

Sabemos bem que o mundo mudou com a chegada da Internet e que a TV aberta hoje não é mais o que já foi um dia para o brasileiro, considerando-se a concorrência das muitas plataformas de streaming, canais de vídeos, redes sociais e aplicativos. Infelizmente, milhões de famílias ainda não têm acesso à Internet enquanto a base instalada de TV em nosso país é gigante: dados de 2019 indicam que 96,3% dos lares brasileiros têm aparelho de televisão e é nessa plataforma que estão as referências mais populares do dia a dia dos brasileiros, desde os apresentadores, como Silvio Santos, Xuxa, Ana Maria Braga, Eliana, Faustão, Rodrigo Faro, Tadeu Schmidt, Galvão Bueno, Luciano Huck, Maju Coutinho, Tatá Werneck, até todos os atores de novela que permeiam nosso mundo pop.

Quando um apresentador deixa um programa, muda de emissora ou apenas sai de férias, ficamos chateados. Eles são quase "família". Mesmo que eu não assista o Mais Você com frequência, quando eu ligo a TV pela manhã eu conto com o fato de que Ana Maria Braga estará lá me esperando, exatamente como acontece quando eu ligo para a casa da minha mãe. Eu tenho a expectativa que ela esteja lá e me atenda.

Por isso, fiquei tão abalada quando li que William Bonner estava pensando em se aposentar e sair do JN em 2023. Como assim!?!? Já não basta toda a instabilidade emocional desse ano, ainda mais essa? Corri para as redes sociais para "assuntar" a possibilidade. Felizmente, depois de muita especulação, Bonner desmentiu a nota e afirmou que não tem nenhuma intenção de deixar a bancada, muito menos a emissora.

A longo prazo todos os apresentadores se aposentam. Os programas acabam. As emissoras fecham. Mas não hoje. Hoje, eu quero ligar a TV e ver o Bonner e a Renata apresentando o Jornal Nacional. E, como milhões nesse Brasil, mesmo sabendo que eles não nos ouvem, quando eles se despedirem, responderemos: "Boa noite".

Rosana Hermann

Rosana Hermann é escritora, roteirista e bloqueada pelo Boninho desde que cobriu o primeiro BBB há 20 anos.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem