De faixa a coroa

Eleição do Mister Brasil CNB acontecerá durante comemorações pelo aniversário de Brasília

Sem público, concurso elegerá brasileiro a concursos internacionais

Italo Cerqueira Instagram/italocerqueira

Após cinco meses desde o início da pandemia do novo coronavírus, vários setores começam a retomar as atividades ao redor do mundo, inclusive o dos concursos de beleza. Com isso, foi definida a data da eleição para o Mister Brasil CNB 2020.

A final do certame, que elege o representante nacional para cinco grandes disputas globais de beleza masculina, será no dia 5 de dezembro, em Brasília. Esta será a 13ª edição da competição, e quem passa a faixa é o atual titular Ítalo Cerqueira, da Paraíba, vice-campeão no Mister Supranational em 2019.

O concurso fará parte do Festival Brasília 60, que terá uma série de eventos em comemoração às seis décadas de existência da capital federal. Além do Mister Brasil CNB, haverá ainda o Miss Supranational Brasil, e também o Miss e Mister Brasília, todos com transmissão online ao vivo e intérprete de libras.

“Assim como no Miss Brasil Mundo, vamos seguir todos os protocolos de reabertura emitido pelo Ministério do Turismo para realizar os eventos”, afirma Henrique Fontes, diretor do CNB (Concurso Nacional de Beleza), que realiza a disputa.

Além dos concursos de beleza, o Festival Brasília 60 terá apresentações musicais, danças folclóricas, apresentações teatrais, circenses, stand-up comedy e desfiles de moda. A produção será da MK Live, em parceria com a Associação Comercial e Industrial de São Sebastião (ACISS) e a Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal (Secec).

Por causa da pandemia da Covid-19, todas as fases de avaliação dos candidatos ao Mister Brasil CNB foram modificadas. A maioria das etapas, principalmente as que exigem troca de roupas e movimentação de bastidores, serão pré-gravadas em estúdio, para evitar aglomerações.

O grupo, de cerca de 40 misters, chegará ao Distrito Federal no dia 2 de dezembro. Os trechos pré-gravados serão exibidos na live do dia 5, sem presença do público e apresentada pela mineira Elis Miele, atual Miss Brasil Mundo.

Os concursos de beleza masculinos ganharam visibilidade nos anos 1990, com o surgimento do Manhunt International, em 1993, e do Mister Mundo, em 1996. Depois vieram o Mister International, em 2006, e o Mister Global, em 2014. Já em 2016, essa indústria se movimentou com o surgimento do Mister Supranational.

De faixa a coroa

Fábio Luís de Paula é jornalista especializado na cobertura de concursos de beleza, sendo os principais deles o Miss Brasil, Miss Universo, Miss Mundo e Mister Brasil. Formado em jornalismo pelo Mackenzie, passou por Redações da Folha e do UOL, além de assessorias e comunicação corporativa.
Contato ou sugestões, acesse instagram.com/defaixaacoroa e facebook.com/defaixaacoroa

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem