Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

Zapping - Cristina Padiglione

'Pantanal': Renato Teixeira vive personagem que foi do filho

Também pai de Isabel Teixeira, a Bruaca, músico resgata o peão Quim

Renato Teixeira protagoniza cena emocinante de 'Pantanal'
Em participação especial, Renato Teixeira protagoniza cena emocinante de 'Pantanal' - Divulgação/Globo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Campinas

Com músicas suas em cena e dois filhos no elenco do remake de "Pantanal", Renato Teixeira, 76, também entrará na tela para uma participação especial na novela das nove da Globo. O músico aceitou fazer uma participação especial no enredo criado por Benedito Ruy Barbosa e adaptado por Bruno Luperi, neto do autor do original. Apesar de admitir ter dificuldades para decorar texto, o artista não abriu mão de gravar as cenas, que serão exibidas segunda-feira (16), na Globo.

"Eu fui pego de surpresa com esse convite para fazer o Quim mais velho. Eu sempre me envolvi muito com temas de novela, com trilhas, até já escrevi novela com Jayme Monjardim, já participei de dois filmes, mas sem texto", conta Teixeira à coluna, aos risos.

Ele aparece na tela como Quim, personagem interpretado por seu filho, Chico Teixeira, 42, na primeira fase da novela. Na trama, José Leôncio (Marcos Palmeira) lamenta ao saber da morte de Tião (Fábio Neppo), peão com quem trabalhou lado a lado desde a juventude. Quim e Tião ajudaram o fazendeiro a construir seu império.

Renato Teixeira aparece na tela como Quim
Em participação especial, Renato Teixeira aparece na tela como Quim, papel de seu filho, Chico Teixeira, na primeira fase da trama - Divulgação/Globo

Logo em seguida, Quim aparece tocando seu violão sozinho, solitário, sentindo falta do seu grande amigo e irmão de toda uma vida. Sem suportar a morte do companheiro, Quim morre, deixando Zé Leôncio ainda mais desolado.

"Fui bem inseguro para gravar 'Pantanal', mas feliz. Tive uma dificuldade de decorar texto. As músicas eu consigo cantar, mas se tiver que declamar as letras já fica difícil", relembra o músico, que participou das gravações meses atrás nos Estúdios Globo, no Rio de Janeiro.

"Mas foi uma experiência inesquecível", continua. "Foi um momento único. Participar dessa novela que tem meu filho, Chico Teixeira, meu compadre Almir e minha filha, Isabel Teixeira [a Bruaca], é uma alegria imensa. Eu me sinto recompensado", conclui.

O momento promete tirar o fôlego dos fãs da novela, que nesta semana se emocionaram com uma cena entre pai e filho protagonizada por Gabriel e Almir Sater.

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem