Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

Zapping - Cristina Padiglione

Alcides Nogueira encerra contrato com a Globo após 40 anos

Autor assinou sucessos como "I Love Paraisópolis" e "Tempo de Amar"

Alcides Nogueira
O dramaturgo Alcides Nogueira durante participação no Persona em Foco, da TV Cultura, em 2019 - Reprodução
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Após 40 anos de Globo, o dramaturgo Alcides Nogueira não terá seu contrato renovado com a emissora. Em reunião com o diretor de Entretenimento do Grupo Globo, Ricardo Waddington, o autor de "Tempo de Amar", "Ciranda de Pedra" e "I Love Paraisópolis" (com Mario Teixeira) acertou o processo de encerramento de seu vínculo com a casa para 31 de maio.

Somando novelas, séries e seriados, o autor escreveu pelo menos 21 títulos para a casa, onde começou em 1981 na área de marketing. Em 1984, deu início à carreira como autor em "Livre Para Voar", ao lado de Walther Negrão, com quem fez também "De Quina Pra Lua", já como titular.

"Eu fui muito feliz na Globo, fiz projetos bacanas, convivi com gente muito legal, não tenho do que me queixar", disse o autor à coluna.

Pelo menos dois projetos seus ficam na emissora: "#VozDaMulher" e "Graciosa", enredo sobre uma quilombola, mãe solo, que acaba entrando para o universo das start ups. As duas sinopses foram engavetadas, mas seus direitos autorais pertencem à emissora.

Tide, como é conhecido entre amigos e colegas, também chegou a iniciar uma sinopse de remake de "Amor com Amor se Paga", de Ivani Ribeiro, mas o projeto também foi descartado.

O autor assinou também "JK" e "Um Só Coração", ao lado de Maria Adelaide Amaral, "O Amor Está No Ar" e o remake de "O Astro", uma releitura da obra de Janete Clair que foi vencedora do Emmy Internacional de novelas.

Também foi por suas mãos que alguns nomes do grupo estrelado da teledramaturgia começariam na emissora, como Elizabeth Jhin, que deixou a Globo no ano passado. Tide trabalhou ainda com Gilberto Braga, com quem dividiu "A Força de Um Desejo", Silvio de Abreu, Benedito Ruy Barbosa e Lauro César Muniz.

Procurada, a Globo enviou à coluna a seguinte nota:

"Alcides Nogueira é uma grande referência da dramaturgia brasileira e coleciona sucessos ao longo das últimas décadas na televisão, como o Emmy 2011 com 'O Astro'. Alcides tem abertas as portas da empresa para futuros projetos em nossas múltiplas plataformas.

A Globo, em sintonia com as transformações pelas quais passa o mercado, vem adotando novas dinâmicas de trabalho com seus talentos. A não renovação de um contrato não significa o final de uma parceria. Ao contrário, o novo modelo de gestão de talentos permite que essa parceria seja renovada em muitos outros formatos e projetos futuros."

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem