Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

Zapping - Cristina Padiglione

Maria Fernanda Cândido se emociona ao lembrar Raul Cortez

Em conversa com Bial, ela revê 'Terra Nostra' e fala de 'Animais Fantásticos'

Maria Fernanda Cândido e Pedro Bial
Maria Fernanda Cândido e Pedro Bial no Conversa com Bial - Reprodução
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Em entrevista a Pedro Bial programada para ir ao ar nesta segunda-feira (18) --ou terça (19), já que o Conversa com Bial vai ao ar às 2h15--, Maria Fernanda Cândido se emociona ao rever cenas entre ela e Raul Cortez (1932-2006) na novela "Terra Nostra" (1999), quando a atriz foi projetada para a fama.

"A gente ficou encantando um com o outro. É uma coisa além de qualquer nomenclatura", diz ela na conversa. "Ele era tudo. A gente era grudado, e é uma coisa muito engraçada porque a diferença de idade era enorme. A gente saia junto, ia almoçar, combinava as coisas, nos falávamos, e ele era um pouco tudo, um pai, um amigo, um irmão..."

Maria Fernanda conta que Cortez tinha ciúmes dela. "Reclamava dos namorados: ‘Não, não serve pra você'. 'Péssimo’, ele dizia. Era assim, e era uma coisa muito maravilhosa. Essa é a mágica que a arte dá pra gente, que são esses encontros em cena, e eles ficam pra vida e pra além vida, porque ele não está mais aqui, mas é como se ele estivesse. Tem coisas que eu penso ‘o que o Raul diria?’. De fato ele é uma presença que permanece".

Atualmente morando da França, a atriz conta por videoconferência como foi o processo que a levou ao novo filme da franquia de Harry Potter, "Animais Fantásticos -- Os Segredos de Dumbledore", no qual ela faz a bruxa Vivência dos Santos, ministra da Magia do Brasil.

"A minha agente aqui da Europa me ligou um belo dia e disse: ‘olha, me ligaram e pediram um teste para você. É confidencial, não sei o que é, mas é coisa grande. Então, por favor, faça esse teste’ [...]. Era o auge da pandemia, e eu não tinha como fazer o teste com outras pessoas [...], aí pedi ajuda aos meus filhos e ao meu marido para fazermos a cena. Era um teste difícil de ser realizado [...], lembro que tinha que entregar até sexta-feira, mas não foi possível. Então entreguei na segunda-feira meio sem saber se iria dar tempo. Na terça-feira, final do dia, veio a resposta de que a personagem seria minha [...]. Meus filhos assistiram ‘Animais Fantásticos’ em família, então faz parte da nossa história de família".

E explica: "A Vicência Santos é a representante latina do mundo mágico, e ela tem um concorrente que é um chinês [...]. Há eleição que ocorre durante o filme, tem uma preparação, a história traz os eleitores da campanha", diz.

Maria Fernanda também está em cartaz atualmente com o filme "O Traidor", de Marco Bellocchio, uma coprodução entre Brasil, Itália, Alemanha e França.

Pier Francesco Favino (de branco) e Maria Fernanda Cândido (azul)
Maria Fernanda Cândido ao lado de Pier Francesco Favino no cartaz do filme "O Traidor", de Marco Belocchio, sobre Tommaso Buscetta - Divulgação

O Conversa com Bial passeia pela trajetória da atriz, do Brasil ao exterior, e projetos pessoais, como a Casa do Saber, um espaço de educação, agora digital.

Com direção artística de Monica Almeida, o ‘Conversa com Bial’ vai ao ar na TV Globo de segunda a sexta, após o Jornal da Globo. O programa também é exibido no canal internacional da Globo e em simulcast no Globoplay, onde felizmente fica disponível para ser visto em horários mais aceitáveis. As entrevistas também podem ser acompanhadas no podcast Conversa com Bial, disponível no Globoplay ou em qualquer plataforma de áudio.

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem