Zapping - Cristina Padiglione

Ex-executiva da Endemol Shine fecha parceria com a RedeTV!

Nova empresa de Juliana Algañaroz administrará produções na emissora

Juliana Algañaraz, executiva de TV
Juliana Algañaraz, executiva de TV, proprietária da La Reina Entertainment e ex-CEO da Endemol Shine Brasil - Divulgação
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Ex-CEO da Endemol Shine Brasil, empresa que negocia formatos com todas as emissoras de TV, inclusive o "BBB", com a Globo, Juliana Albañaraz fechou acordo de longo prazo com a RedeTV!, por meio de sua nova empresa, a La Reina Entertainment. É nessas condições que ela passa a prestar uma consultoria à emissora, em um papel ampliado de direção artística da emissora.

"Conseguimos um negócio, uma parceria juntos", disse ela em conversa exclusiva com a coluna. "Ainda não botei os pés na RedeTV!", falou.

Seu papel será opinar sobre todo o conteúdo da emissora, inclusive levando novas propostas à grade, com ideias que contemplem o que os executivos de TV e publicidade hoje chamam de "vendas em 360", ou seja, com comunicação para todas as plataformas.

Como exemplo de um projeto que nasceu sob o seu guarda-chuva na Endemol e tomou proporções bem além da tela da TV, ela cita o "Masterchef Brasil", na Band, desde o início alinhado a uma série de estratégias com o Twitter, principal rede social no impulso à audiência da TV.

Seu último projeto na Endemol foi a conclusão do contrato que levou o "The Masked Singer Brasil" à gravadora Universal e à Globo. O programa também mostrou fôlego de engajamento e já tem 2ª temporada garantida para 2022.

Assim como fazia na Endemol, Algañaraz poderá, via La Reina, prestar serviços de produção para outros canais e plataformas. E além do trabalho para a RedeTV!, a executiva vai colocar à disposição do mercado os estúdios da emissora, unindo a demanda por espaços do gênero com a ociosidade da estrutura da RedeTV!

"A RedeTV! tem uma infra-estrutura desenhada especialmente para produção de TV, com estrutura digital e um estúdio de 1.500 m² na porta de São Paulo. São nove estúdios, e tudo o que o mercado de produção independente precisa agora é estrutura."

"A La Reina vai administrar os estúdios, terceirizar e ao mesmo tempo vamos usar para nossas produções". Argentina residente no Brasil há 20 anos, Algañaraz pretende renovar a grade em curto prazo. Embora ainda não tenha nenhum projeto pronto para ser anunciado, sua ideia é começar a mudar a programação na virada de ano.

Embora a La Reina não se ocupe do setor comercial, que será mantido por outro departamento da emissora, passa por suas incumbências a criação de produtos chamados de branded content, ou seja, que tenham o patrocinador como mote daquele conteúdo. Este é um filão que interessa a todos os canais hoje, mas poucos conseguem apresentar soluções orgânicas, apresentando um programa que não pareça um grande anúncio publicitário.

Para discernir os serviços e ideias da RedeTV! e de outros clientes, Algañaraz conta que terá uma equipe exclusiva dando expediente para a emissora. Sua empresa poderá produzir para OTTs (plataformas de streaming, as chamadas Over The Top) e também canais no YouTube.

Com isso, Alghañaraz pretende apresentar um olhar diferente para a gestão do negócio de TV, como nos Estados Unidos. "Nesse momento a grade da RedeTV! não demanda a infraestrutura que ela tem, eles usam muito cenário virtual, os programas hoje estão menores."

Ao mesmo tempo, a profissional quer aproveitar a presença de autores, inclusive de ficção, disponíveis no mercado, para apresentar propostas de parcerias de produção com a La Reina. "Não tem mais aquele negócio de um lado ficar com tudo e pagar pouco a um autor ou criador. Os autores hoje querem participar da produção das obras deles", fala, em menção ao que os americanos chamam de Show Runner.

A empresa de Algañaraz também poderá encabeçar coproduções internacionais.

A primeira reunião com os diretores da emissora está agendada para a tarde desta quarta-feira (3), na sede da emissora, em São Paulo. "Estou também trazendo gente de várias áreas, que entende de multiplataforma e de outros negócios. Estamos em um excelente momento de produção de conteúdo, o mercado está quentíssimo, acho um desafio maravilhoso."

O acordo pretende somar as expertises de ambas as partes, inaugurando modelo integrado de negócios para ampliar a oferta de conteúdo, produtos e serviços dirigida ao público e ao mercado de produção e publicitário em todas as plataformas.

"Vamos unir nossas experiências e ouvir os anseios das marcas e seus insights, para que estejam inseridas, cada vez mais, em conteúdos relevantes", diz o diretor comercial da RedeTV!, Amílcare Dallevo Neto.

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem