Zapping - Cristina Padiglione

Novelas voltarão a ser obras abertas após a pandemia

Globo trabalha com gravações antecipadas até ganhar segurança sanitária

Luísa (Mariana Ximenes) e Pedro (Selton Mello): gravações antecipadas motivaram trabalhos extras para ajustes ao gosto da audiência - Globo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Até em função dos últimos acontecimentos com “Nos Tempos do Imperador”, que teve de sofrer ajustes e regravações de cenas já prontas para atender a demandas ao gosto do público, a Globo não pretende abrir mão da condição de obra aberta que caracteriza as novelas e pretende retomar os prazos de gravações que permitem fazer ajustes de histórias e personagens no decorrer da exibição de suas tramas.

Mas enquanto houver incerteza sobre o futuro da pandemia, os folhetins continuarão sendo registrados com muita antecedência, a ponto de as novelas estrearem com todos (ou quase todos) os capítulos gravados, como acontecerá com “Um Lugar ao Sol”, de Lícia Manzo, próximo folhetim das nove.

A direção da empresa prefere manter esse ritmo, por enquanto, a fim de evitar, na pior das hipóteses, que novas restrições causem a interrupção de sua produção de teledramaturgia. Por isso, as gravações de "Pantanal" estão em pleno andamento.

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem