Zapping - Cristina Padiglione

Globo mantém Faustão sob contrato até o fim do ano

Rescisão não seria bom negócio para o apresentador, bem remunerado mesmo fora do ar

Fausto Silva ( Faustão) e sua mulher, Luciana Cardoso, que já cuida da criação do novo programa na Band - Instagram/lucard
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

A fim de dar um basta nas especulações sobre a possível estreia de Fausto Silva na Band ainda este ano, a emissora dos Saads anunciou nesta terça-feira (27) que o programa dele na emissora só vai de fato estrear em janeiro de 2022.

Embora tenha saído do ar em junho, repentinamente, como efeito de um desentendimento com a direção da Globo, Fausto Silva ainda tem contrato vigente até dezembro desde ano. Uma rescisão no papel, a essa altura, era o tipo do negócio que não interessaria a ele.

Diante dessa circunstância, só cabe ao apresentador aproveitar para acompanhar de perto os preparativos da nova atração, sendo ainda remunerado por sua antiga empregadora.

A Band avisou ainda que o programa será gravado nos estúdios da emissora, no Morumbi (zona sul), que serão adaptados para receber a nova produção.

LADY NIGHT

A Globo grava mais uma temporada do programa de Tatá Werneck rumo ao Multishow, com reaproveitamento na TV aberta. Fiuk, Cláudia Abreu e Juliette Freire já gravaram entrevistas inéditas. A ideia é lançar a nova safra ainda este ano na TV fechada e liberar outras edições passadas para a Globo.

ESTREIA

O SBT marcou para 3 de setembro, sexta-feira, a estreia do novo Show do Milhão, com Celso Portiolli. O programa será patrocinado pelo PicPay, que já anunciou exaustivamente no BBB 21. Na gincana do SBT, até as inscrições dos candidatos terão de passar pelo uso do sistema de pagamentos.

AUDIÊNCIA

8 pontos
registrou a estreia da Ilha Record, novo reality, com Sabrina Sato

2,1 pontos
teve o The Noite, de Danilo Gentili, enfraquecido pela transmissão das Olimpíadas​ na Globo e na TV paga

SEU PERU, A DESPEDIDA

Morreu nesta terça-feira (27), aos 101 anos, no Rio de Janeiro, o ator Orlando Drummond, famoso pelo personagem Seu Peru, fiel aluno do Professor Raimundo nos idos em que a Escolinha era apresentada por Chico Anysio.

Há dois anos, na penúltima temporada da versão com Bruno Mazzeo e um elenco que homenageava os veteranos, ele fez sua última participação na TV, ao lado de Marcos Caruso, que revivia seu papel com a mesma performance.

O aparente deboche gay era um grito vanguardista pelo respeito à comunidade que hoje se identifica pela sigla LGBTQIA+. E era um dos grandes hits na sala do Professor Raimundo desde a era do rádio do humorístico, ainda em 1952.

Mas a voz de Drummond, mesmo sem a imagem de Seu Peru, era muito familiar ao público, já que era ele quem dava vida a Scooby-Doo, o adorável cão da animação daquela turma que desvendava mistérios. Também foi dublê de Alf, o ETeimoso, de Gargamel, o vilão dos Smurfs, do Vingador, (da Carverna do Dragão ), de Popeye, Patolino e Frajola.

Como alguém que habita a memória afetiva de várias gerações, era a alegria dos dois filhos, cinco netos e três bisnetos.

“Quem vê de fora até pensa que o Dia do Dublador é quase um Natal aqui em casa, né? A gente não chega a tanto, mas é sempre um momento bacana para homenagear meu avô, meus irmãos, Alexandre e Eduardo Drummond, e meus colegas profissionais”, escreveu Felipe Drummond, um dos netos, em junho.

O ator esteve internado entre abril e junho deste ano, com infecção urinária. Drummond começou a carreira no rádio, em 1942 como contrarregra. Com auxílio de Paulo Gracindo, começou a atuar como dublador. Vários artistas lamentaram a perda, incluindo Bruno Mazzeo, filho e clone do Professor Raimundo.

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem