Televisão

Iza e Tatá Werneck vão comandar Prêmio Multishow tecnológico dia 8 de dezembro

Evento terá participação de Xuxa e Juliette Freire

Iza no Prêmio Multishow 2020
Iza no Prêmio Multishow 2020 - I Hate Flash
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

A 28ª edição do Prêmio Multishow já tem data para acontecer: será dia 8 de dezembro, no Rio de Janeiro, sob o comando pela quinta vez de Tatá Werneck e pela segunda vez de Iza.

Iza, inclusive, já ganhou um troféu na premiação. Foi o de melhor música com “Pesadão”, em 2018. Agora, ela repete a dose de 2020 para comandar a festa que em 2021 terá o conceito que explorará a realidade aumentada.

“Sabemos da importância do prêmio para o mercado, para os artistas e para o público. A cada ano procuramos inovar e surpreender. Nesta edição, a ideia é que todos sejam transportados para um novo mundo por uma noite. Um mundo de música”, explica Tatiana Costa, diretora do Multishow.

O conceito vai permear todos os espaços da premiação. Do pré-show, que vai funcionar como uma estação de transporte para o mundo da música, até o conteúdo digital revelado por Diva Depressão. O palco dos shows terá muita tecnologia.

A cerimônia de 2021 ainda contará com a participação especial de Xuxa que fará uma entrada triunfal a bordo de sua icônica nave. A Rainha dos Baixinhos vai entregar o troféu ao vencedor de uma das categorias e interagir com as ativações digitais.

Além dela, a vencedora do Big Brother Brasil 21, Juliette Freire, será outra surpresa. A paraibana vai apresentar uma das categorias.

“O Multishow tem um papel fundamental na evolução da cena musical do país, sempre incentivando novos talentos e sendo o palco de grandes artistas. Há 27 anos o Prêmio Multishow ajuda na construção desta história e movimenta uma vez por ano toda a indústria da música”, finaliza Tatiana.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem