Zapping - Cristina Padiglione

Derrotada em São Paulo, Copa América pelo SBT lidera em 5 regiões

Competição perdeu público, mas emissora teve recorde em 13 anos

Neymar e Bernaldo Manzano em jogada no estádio Mané Garrincha, em Brasília, na abertura da Copa América - (Photo by EVARISTO SA /AFP)
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Na troca da Globo pelo SBT, a Copa América perdeu mais da metade de seu público, mas deu à TV de Silvio Santos o seu melhor domingo nos últimos 13 anos, ou desde 2008, na Grande São Paulo, com placar de 12,7 pontos, ante 17 do Domingão do Faustão com Tiago Leifert.

A liderança com o jogo de abertura, Brasil e Venezuela, não veio na maior região do país, alvo do maior faturamento publicitário brasileiro, mas ocorreu em outras quatro capitais e Distrito Federal.

Com narração de Téo José, comentários de Mauro Beting e Edmilson, análise de arbitragem de Nadine Basttos e reportagens de André Galvão, o SBT conquistou, das 18h01 às 19h54, a liderança em Recife, Fortaleza, Manaus, Distrito Federal e Goiânia.O placar favorável ao SBT foi de 18,6 x 17,5 contra a Globo em Recife; 17 x 11,7 em Fortaleza; 16 x 12,6 em Manaus, 13,2 x 13 em Goiânia e 15,6 x 12,3 em Brasília.

SUBSTITUTOS

Com reprises no ar desde março de 2020, início da quarentena no Brasil, o SBT voltará a exibir edições inéditas do Roda a Roda a partir desta terça-feira (15), com outros apresentadores: Luís Ricardo substitui Rebeca Abravanel durante a semana, e Patrícia Abravanel substitui o pai, Silvio Santos, na edição dominical.

Embora já esteja imunizado contra a Covid, Silvio segue sem previsão para voltar ao auditório, em resistência à falta de público presencial. Quanto a Rebeca, sua irmã, ela seguiu o marido, Alexandre Pato, contratado para jogar em Miami, nos Estados Unidos, onde mora agora.

FRASE

"Vivi o auge da censura na ditadura militar. Naquela época, a gente sempre dava um jeito de dizer o que queria. Agora, o que fazemos é dar um jeito de nos restringir e dizer apenas o que é politicamente correto"

Aguinaldo Silva a Marcos Maynart na revista Mais Rio de Janeiro

TRIBUTO

Fábio Porchat lembra que aprendeu a fazer humor vendo o “Casseta & Planeta” e as piadas de Bussunda. O relato está na série documental “Meu Amigo Bussunda”, obra de Claudio Manoel, Micael Langer e Júlia Besserman, filha do humorista, cuja morte completa 15 anos em julho. Estreia no dia 17, no GloboPlay.

Meu Amigo Bussunda
Fábio Porchat dá um depoimento à série documental 'Meu Amigo Bussunda', do GloboPlay - Divulgação

BRASILEIROS

Além de Eduardo Moscovis, a 2ª temporada da série “El Presidente”, que aborda os escândalos de João Havelange à frente da FIFA, contará também com Maria Fernanda Cândido na linha de frente. Formado por atores de vários países, o cast conta ainda com Leandro Firmino e outros nomes, para a Amazon Prime Video.

O showrunner e roteirista Armando Bó, entre Maria Fernanda Cândido, Albano Jerónimo, Andrés Parra e Eduardo Moscovis, da 2ª temporada de 'El Presidente', batizada como 'O Jogo da Corrupção' - Divulgação

AUDIÊNCIA

7,8 pontos
marcou o Programa Silvio Santos no domingo, com cenas antigas

17,1 pontos
teve Atlético Mineiro x São Paulo na Globo, domingo (13), em SP

A BOA DO DIA

Na trilha do funk, do rap ou do trap, jovens da periferia buscam futuro na música
Profissão Repórter - Globo, às 0h​

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem