Zapping - Cristina Padiglione

Extensão da quarentena motiva 2ª temporada de séries remotas na Globo

'Diário de um Confinado', talk show de Sterblicht e Cada um no Seu Quadrado ganham novos episódios

Sozinho é mais difícil. Para amenizar a “carentena” de Murilo, um ‘Date’ - Glauco Firpo/Globo

A pandemia se estendeu tão além da previsão inicial, que algumas séries gravadas de modo remoto na Globo vão se estender para uma 2ª temporada. São os casos de “Diário de um Confinado”, de Bruno Mazzeo e da diretora Joana Jabace, sua mulher, de Cada um no Seu Quadrado, com a dupla Fernando Caruso e Paulo Vieira, e do talk show de Eduardo Sterblicht.

Dessa vez, Mazzeo e Jabace têm procurado evitar muita invasão do cenário na própria casa, usando bastante o entorno. Assim contou Fernanda Torres, que participou da série como terapeuta do personagem, quando falava a um grupo de jornalistas sobre “Amor e Sorte”, outro fruto da pandemia que pode vir a ser estendido.

LAÇOS

Não é à toa que Tony Ramos é quem é. Enquanto atores bem menos grifados se envergonham do passado, ele celebra a volta de “Laços de Família” ao Vale a Pena Ver de Novo pela chance de aprender, ao se revisitar como ator em um antigo trabalho.

Tony Ramos, ator
Exclusiva Zapping: Tony Ramos em casa - Fábio Rocha/Globo

“Gerações que não viram” poderão ver, diz Tony Ramos sobre novela de Manoel Carlos que estreia nesta segunda-feira (7), na reprise vespertina da Globo. “Mesmo os que viram e gostaram, reveem com carinho e, curiosamente, atrai os que não viram na primeira exibição. E, para mim, sempre é um aprendizado observar e reler o que você fez enquanto ator”, conclui.

DIVÓRCIO

Projetado para três especiais de fim de ano, o acordo entre Porta dos Fundos e Netflix acabou um ano antes. O programa deste Natal será exibido no canal da trupe no YouTube, que conta com 16,6 milhões de inscritos.

O rompimento entre Porta dos Fundos e Netflix ocorre no ano seguinte à gritaria jurídica que tentou tirar do ar a edição de 2019, cujo enredo trazia um Jesus gay (Gregório Duvivier) e um Deus mau caráter (Antonio Tabet). Mas ocorre também um ano após o Porta vencer o Emmy Internacional com a edição de 2018, primeira parceria com a Netflix.

AUDIÊNCIA

9 pontos
teve o Jornal da Globo na quinta-feira (3), bom índice para o horário

7,5 pontos
marcou o Bom Dia Brasil na quinta (3), abaixo do período pré-Covid

A BOA DO DIA

Os efeitos da pandemia no mercado de trabalho são assunto do Fantástico
Globo, às 20h​

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem