Celebridades

Jane Fonda revela que se arrepende de não ter feito sexo com Marvin Gaye

Declaração foi dada ao The New York Times

A atriz Jane Fonda - REUTERS
São Paulo

A atriz estadunidense Jane Fonda, 82, revelou que tem um arrependimento em sua vida: não ter feito sexo com o cantor norte-americano Marvin Gaye (1939-1984). A revelação foi feita ao jornal The New York Times.

“Quem eu penso sobre isso [ter feito sexo] e é um grande arrependimento é Marvin Gaye. Ele queria, e eu não fiz”, disse ela. Na época ela era casada Tom Hayden com quem ficou por 17 anos.

“Eu estava conhecendo muitos artistas para tentar organizar shows para Tom e a mulher que estava me ajudando a fazer isso me apresentou a Marvin Gaye”, relembrou.

A atriz também opinou sobre o envolvimento que teve rapidamente com o ator norte-americano Marlon Brando (1924-2004). Com ele ela atuou no filme “Caçada Humana” em 1966. “Decepcionante”, disse.

Jane Fonda é uma das atrizes mais atuantes em causas sociais. Em 2019, ela foi presa pelo menos seis vezes seguidas por protestar todas as sextas-feiras contra as mudanças climáticas em Washington D.C., capital dos Estados Unidos.

Para a atriz, que se considera uma privilegiada por ser “uma estrela de cinema branca” que faz uma série de sucesso, o mais perturbador foi ver a situação das outras pessoas presas. “Porque muitas pessoas estão lá por causa da pobreza, do racismo e de problemas de saúde mental. E isso me deixou muito triste”, disse, à época.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem